Mulher tem parada cardíaca e morre após cirurgia plástica em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Cleiva Alves da Silva, 53, morreu na quinta-feira (05), dias após passar por abdominoplastia, realizada no Hospital Santa Helena, em Cuiabá. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga um possível erro médico durante o procedimento.

De acordo com a Polícia Civil, o filho da vítima registrou boletim de ocorrência relatando que sua mãe deu entrada no hospital no dia 29 de julho, para realizar a cirurgia. Após o procedimento, ela recebeu alta e foi para casa.

No dia 31 de julho, ela voltou ao hospital após passar mal e ficar com falta de ar. Ela chegou a vomitar sangue. Conforme o boletim de ocorrência, o médico teria reconhecido o erro e realizou uma nova cirurgia para acabar com a falta de ar.

Na quinta-feira, ela precisou ser intubada no hospital. Ela estava com ventilação mecânica, mas apresentou piora no início da manhã e o quadro evoluiu para uma parada cardiorrespiratória, e não resistiu.

 

O corpo foi liberado pela equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa. A Polícia Civil segue investigando o caso.

 

O portal tentou entrar em contato com o médico que realizou a cirurgia. Ele possui clínica particular no bairro Quilombo, porém, foi informado que ele não estava no local.

 

O Hospital Santa Helena foi procurado e se pronunciou sobre o caso, afirmando que restou todo o atendimento a paciente e lamentou o ocorrido.

 

Veja abaixo:

“Diante do falecimento de uma paciente ocorrida na manhã desta quinta-feira (05.08) após um procedimento cirúrgico, a diretoria do Hospital Beneficente Santa Helena (HBSH), esclarece que toda a assistência necessária foi prestada tanto pela equipe médica, quanto pelo hospital.
O HBSH se solidariza com a família da paciente neste momento de dor e informa que uma comissão interna seguirá os protocolos de investigação dos fatos.