A Voz do Povo: Pioneiros Eugenio Preima e Dudy Paiva relembram momentos da história de Sorriso

Os dois amigos de muitos anos relembraram momentos de lutas e de alegrias vividos nos primeiros anos de Sorriso.

Cheio de energia do alto dos seus 74 anos, Eugenio Preima afirmou que ainda não encontrou ninguém que fizesse páreo com ele no serviço. E lamentou a situação atual no que se refere à preparação de jovens para o mercado de trabalho.

“Estamos perdendo nossa juventude, porque não podem trabalhar. Porque mesmo indo para a escola, tem meio dia que poderiam aprender em um trator, aprender em uma oficina. O menino até seus 18 anos, já aprendeu muita coisa e já não vai querer fazer calo na mão. Não precisa explorar. O erro está em algumas leis que tiraram a época boa de aprender. Porque quando chega aos 18 anos já não quer o serviço, porque muitas vezes ficou andando na rua, às vezes com más companhias. Para a nossa idade é complicado entender isso”, afirmou.

O empresário, que foi um dos batalhadores pela implantação do Campus do IFMT em Sorriso e ainda hoje busca inovações no seu ramo, lembrou algumas situações do princípio do que se chama de progresso em Sorriso. “Se alguém hoje ligar a luz é porque “seu Preima” deu 30 postes; se alguém fala ao telefone é porque “seu Preima”, junto com os outros comprou vários telefones, porque tivemos que comprar 650 números para instalarem o telefone. Porque até então tinha um orelhão com fila enorme para todos. Canal de televisão, compramos. Tinha que asfaltar a Avenida Brescansim, nos juntamos e pagamos. Muita gente que chega hoje não entende. Então, estudem o que é Sorriso e respeitem”, disse.

A Pioneira Anadir Regina Graça Paiva, conhecida como Dudy Paiva, também trouxe à memoria lembranças de um passado nem tão glamoroso. Trabalho árduo e doação tem sido oferecidos por ela e a família ao longo dos anos.

“Se fosse escrever um livro, seria um livro muito grosso. É o que me faltou, escrever este livro – porque árvores já plantei, filhos estão criados e os netos já estão aí. E tenho para lembrar, muita vida. Fomos os fundadores do CTG porque a Fazenda Santana deu o primeiro gado para fundar o CTG.  Para começar nossa Igreja que hoje não temos mais infelizmente, porque foi construída com muito sacr4ifíssio dos pioneiros. E o primeiro boi saiu da fazenda Santana. E sempre dia 29 de outubro tínhamos um boi reservado 0pa4ra esta festa. Fui a primeira pessoa que entregou leite nesta cidade. A escola São José tinha 4 salas. Nos intervalos pegava meus altões vinha até o posto e enchia de água para jogar nos banheiros da escola, porque na época não tinha poço. Temos muitas histórias de passar noites na estrada, dentro de caminhão. Nunca soube o que era dirigir um caminhão e vinha para a cidade guiando o caminhão boiadeiro. Aprendi porque um funcionário passou mal com febre alta e vim dirigindo para salvar a vida”, recordou.

Dudy foi presidente da APAE por seis anos e trabalhou na entidade por 14 anos como voluntária. Hoje é vice-presidente do CAT em Sorriso. “Já fiz muita coisa e tenho muita coisa para fazer. Estamos aqui e queremos continuar contribuindo com o município”, afirmou.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Vídeo da notícia

Veja também

WhatsApp Image 2022-05-20 at 12.51.16

A Voz do Povo: vereador Damiani solicita ao governador melhorias para o Hospital Regional de Sorriso

8d3dfd9a-ed58-4d05-a7ec-8686d9c6a6fc

A Voz do Povo: Sorriso recebe hoje palestra de Geraldo Rufino

marcio

A Voz do Povo: produção de hortaliças será tema de Dia de Campo em Sorriso

WhatsApp Image 2022-05-18 at 11.33.12

A Voz do Povo: Ciretran promove o Amigo da Rodada e outras ações da Campanha Maio Amarelo

9f598c4b-2d04-4002-8435-2300acdadc46

A Voz do Povo: Juiz Dr Anderson Candiotto reassume a 2ª Vara Criminal em Sorriso e fala sobre violência doméstica

514a916e-30c9-4dd2-9a4d-6b7da1e35a01

A Voz do Povo: vereadores foram a Brasília cobrar SAMU, UPA e Hospital Municipal para Sorriso