Ação conjunta da Polícia Civil resulta na apreensão de 580 quilos de skunk 

Uma operação realizada em conjunto pela Polícia Civil de Mato Grosso e da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Mato Grosso do Sul resultou em uma grande apreensão de drogas na região de fronteira entre os dois estados. Na ação, foram confiscados 580 quilos de skunk, também conhecida como “supermaconha”. Cinco pessoas foram presas sob acusação de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A investigação que culminou na operação teve início quando a equipe da DRE começou a monitorar uma rota interestadual frequentemente utilizada como meio de transporte de entorpecentes por “mulas” – indivíduos contratados para transportar a droga. Esse trecho, situado entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, já havia sido palco de várias prisões anteriores relacionadas ao tráfico de drogas.

O foco da investigação recaiu sobre duas mulheres com histórico de envolvimento com o tráfico de drogas, incluindo registros de crimes cometidos no estado de Mato Grosso do Sul, e que estavam ligadas a uma facção local. Segundo as informações obtidas, as suspeitas recrutavam novas mulheres para realizar o transporte da droga, frequentemente utilizando caminhões que ofereciam carona nas estradas.

Com base em informações compartilhadas pela equipe da 1ª Delegacia de Dourados, os agentes da DRE se deslocaram para o estado vizinho, Mato Grosso do Sul, onde conseguiram identificar uma residência utilizada como uma espécie de “casa cofre” para o armazenamento de entorpecentes. As investigações também revelaram que parte da droga já estava em trânsito, sendo transportada para Mato Grosso.

Todo o trabalho investigativo contou com o apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) da Polícia Civil de Mato Grosso, que desempenhou um papel fundamental na troca de informações e no auxílio à operação.

A apreensão dos 580 quilos de skunk representa um importante golpe contra o tráfico de drogas na região de fronteira entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Veja também

Homem é baleado no Jardim Carolina e é socorrido ao Hospital Regional de Sorriso

Sorriso: corpo de homem carbonizado é encontrado dentro de veículo

Ex-padrasto de vítima de estupro é preso após ameaçar mãe da criança para não denunciar crime

Ação integrada da PM e PRF apreende 200 quilos de drogas em Barra do Garças

“Considero o fim da ‘saidinha’ um avanço legislativo, mas precisamos de muito mais”, afirmou a primeira-dama de MT, Virginia Mendes.

Mulher é mantida em cárcere privado e agredida pelo marido; cortou seu cabelo com facão