Águas de Sorriso se compromete a entregar Estação de Tratamento de Esgoto Teles Pires ainda nesse semestre

A Águas de Sorriso reafirmou seu compromisso de entregar a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Teles Pires ainda neste semestre, em uma visita guiada realizada na manhã de quarta-feira, dia 10 de janeiro. O convite foi estendido pela nova gerência da concessionária aos representantes do município, incluindo o prefeito Ari Lafin e o secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Adriano Denardi.

Lucas Oliveira, gerente operacional de dados de Sorriso, destacou a importância da ETE Teles Pires como um investimento crucial na expansão do sistema de esgotamento sanitário do município. Com capacidade para tratar 90 litros por segundo, equivalente ao atendimento de 60 mil pessoas, a obra representa um aporte de R$ 20 milhões e tem previsão de conclusão para o primeiro semestre de 2024.

A nova rede, com mais de oito quilômetros de extensão, visa atender bairros como Jardim Taimã, Jardim Amazônia, São José I, São José II, Rota do Sol, Santa Clara I, Santa Clara II, Parque dos Poderes, Jardim Tropical e Portal Kaiabi. Ao finalizar o projeto, aproximadamente 60 mil habitantes serão beneficiados.

A Aegea, responsável pelo empreendimento, destaca a eficiência da tecnologia empregada na ETE Teles Pires. Equipada com Reatores Aeróbios de Fluxo Ascendente (RAFA) seguidos pela tecnologia de Lodos Ativados, a estação tem a capacidade de remover até 95% dos poluentes do efluente. Além disso, contará com um tratamento preliminar moderno para a remoção e separação de resíduos sólidos.

A inauguração da ETE Teles Pires representa um marco no desenvolvimento responsável e sustentável de Sorriso, significando um avanço significativo no saneamento da cidade. Adriano Denardi, secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, enfatiza que a operação da estação trará resultados positivos para a saúde, economia, meio ambiente e crescimento da cidade.

O prefeito Ari Lafin destacou que o objetivo da visita foi acompanhar de perto o andamento dos trabalhos da Águas de Sorriso, desde o início do contrato de concessão pública em 2000, quando o esgoto foi incorporado ao documento. Ele confirmou que a primeira etapa referente ao Interceptor Gonçalves deverá ser concluída até maio, conectando aproximadamente 10 bairros da Zona Sul e desativando pequenas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) como as do Santa Maria e Pinheiros. Essas ETEs serão integradas à nova estação, proporcionando um benefício abrangente para a cidade em 2024.

galeria de imagens

Veja também

Rio Grande do Sul: 18 escolas públicas de Porto Alegre retomam aulas nesta segunda-feira (20)

Padre Augustinho Bona que morreu em Sorriso ontem, será sepultado no Paraná

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF