Aparelho de som é apreendido e duas mulheres são detidas após perturbação do sossego e injúria racial

No bairro Rota do Sol, vizinhos se queixaram de som alto na noite desse sábado (24/02). Imediatamente a Guarda Civil Municipal foi até o endereço repassado, pediram para que os proprietários da residência diminuissem o volume, no primeiro momento, um homem obedeceu à ordem, porém, duas mulheres se exaltaram no local.

As mulheres começaram a desferir palavras de baixo calão contra a guarnição que estava no local, desta forma, recebendo voz de prisão, as envolvidas continuaram a resistir, então equipes da Polícia Militar foram acionadas.

Elas se recusaram a passar nome e informações pessoais para as autoridades. Com a chegada da Polícia Militar, a detenção das duas foi realizada e o aparelho de som apreendido, no trajeto até a delegacia, as duas continuaram a desferir palavras de baixo calão, bem como xingamentos racistas contra os militares e a Guarda Civil.

Ainda na viatura, uma das envolvidas se debatia, causando-lhe ferimentos e corte na boca.

Conforme o boletim de ocorrência, elas deverão responder por perturbação da tranquilidade, desacato, injuria, mediante preconceito, recusa de dados sobre própria identidade ou qualificação, desobediência e resistência.

 

Veja também

Parte da restituição do IR pode ser destinada para fundos ligados ao Conselho Municipal da criança e Conselho do idoso

PRF apreende quase 300 kg de cocaína; droga escondida em assoalho de ônibus

Estuprador é detido e agredido por populares após atacar mãe da ex-patroa

Três são detidos suspeitos de participarem de homicídio; vítima foi identificada

Polícia Civil prende pai que abusava de filhas e engravidou uma delas

PRF detém homicida foragido na BR-163 em Sorriso