Boas possibilidades de caminharmos juntos, diz Mauro sobre Bolsonaro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

O governador Mauro Mendes (União Brasil) deixa cada vez mais clara a sua preferência pelo projeto do presidenciável Jair Bolsonaro (PL). Em coletiva à imprensa, Mauro ressaltou a relação amistosa que mantém com o presidente, apesar de não concordar 100% com todas as ações do chefe do palácio Paiaguás.

“Concordo com muita coisa que ele fala ou faz, discordo de algumas, como é natural, e que assim seja. Algumas pessoas também discordam de mim, e nós estamos aí caminhando, construindo um projeto de candidatura. Ele já se colocou como um possível candidato e o diálogo continua, as convenções. Mas existe aí boas possibilidades de nós caminharmos juntos”, disse Mauro à jornalistas, durante vistoria às obras do hospital Júlio Muller, ao ser perguntado sobre sua crescente aproximação com o presidente, que ficou ainda mais escancarada durante a visita de Bolsonaro a Cuiabá na semana passada.

Mauro recebeu Bolsonaro no aeroporto e participou de todos os eventos ao lado do presidente, “rasgando” elogiou ao chefe do Executivo federal. Em solo mato-grossense fez motociata, participou de eventos religiosos e “quebrou protocolo” ao participar da formatura de militares, evento que não estava na agenda oficial. “A conversa foi muito rápida, mas bastante amistosa. Eu procuro sempre respeitar todos os poderes constituídos, seja o nosso presidente, seja os poderes aqui constituídos, a Assembleia, o Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas”, pontua.

A avaliação de aliados é que a postura de Mauro é a “senha” de que bateu o martelo em torno do projeto de Bolsonaro. O governador, por sua vez, diz ser natural que as pessoas façam as suas interpretações e ressalta o fato do PT sempre ter sido seu adversário em Mato Grosso. “Eu virei prefeito de Cuiabá enfrentando o PT nas urnas, virei governador de Mato Grosso e o PT não me apoiou. Hoje o PT tem dois deputados que são oposição na Assembleia. Então, estou mais distante nesse campo, de que qualquer outro campo”, ressalta.

Apesar disso, diz ter respeito pela deputada federal Rosa Neide e avalia que o PT faz uma oposição necessária, decente, correta no Estado. Neste sentido, alega que não tem nenhum problema pessoal com petistas. “Natural que estejamos mais próximos do campo do presidente Bolsonaro do que do campo do ex-presidente Lula”.

O governador explica que não quer criar intrigas com o Governo Federal neste momento. Ele ainda aponta que agiu assim durante seus 3 anos de mandato. “Brigas e confusões tiram o nosso foco para trabalhar e prestar um bom serviço a nossa sociedade. A gente briga em casa, com a mulher, você não trabalha bem durante o dia. Se você tem um problema em casa, tira um pouco a sua concentração, então até eu procuro sempre não criar problemas”, afirma.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-05-17T153633.698

Sorriso: vereadora indica instalação de bloqueador de ar em hidrômetros

dentistas-tratam-os-dentes-dos-pacientes_1150-19637

Vereador solicita que sejam disponibilizados serviços de implantes dentários no CEO

garcia-neto_-MEV-2043 (1)

Governador assina parceria com ABNT para a certificação de empresas “carbono neutro” de Mato Grosso

ambulatorio-medico

Saúde: implantação de um Ambulatório Médico Especializado em Boa Esperança é solicitada

thumb_38743_400_300_0_0_crop

Em Brasília – Vereadores conseguem credenciamento de elevação da UPA de Sorriso

thumb__600_0_0_0_auto (85)

Vereador solicita pontos de ônibus coberto nos bairros Terra Brasil e Jardim Ocidental