Agronegócio Economia

Boi gordo: Agrifatto diz que pressão de alta parece perder força

Por: Canal Rural Publicado em 09/07/2020

A quarta-feira, 8, foi caracterizada pela indefinição entre os players do mercado do boi gordo. A consultoria Agrifatto afirma que os preços parecem começar a andar de lado sutilmente, com a pressão de alta perdendo força aos poucos após a onda baixista gerada pela indústria. “Ou seja, o cenário ainda é nebuloso, mas os preços seguem estáveis”.

Porém, os abates começam a demonstrar recuperação. Em Mato Grosso, durante o mês de junho, houve um aumento de 8% número de animais abatidos no estado na comparação mensal, totalizando 471,07 mil – ultrapassando o recorde registrado em janeiro deste ano.

No atacado, o ambiente é parecido, os preços seguem balizados nos patamares de R$ 14,20 por quilo para a carcaça casada bovina e R$ 13 para o dianteiro, um dos carros chefe da comercialização.

“Ainda há expectativa sob uma melhora da demanda no varejo nos próximos dias, dado a chegada dos salários – período sazonal de melhora nas vendas de proteína bovina-, o que melhorar o escoamento dos produtos”.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?