Economia

Impostos

Bolsonaro reclama da alta dos combustíveis e lança desafio para governadores

Por: Estadão Conteúdo Publicado em 05/02/2020
(São Paulo - SP, 03/02/2020) Presidente da República Jair Bolsonaro durante o Lançamento da Pedra Fundamental do Colégio Militar de São Paulo.rFoto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro reclamou nesta quarta-feira, 5, que o governo tem tido problemas com a alta dos preços dos combustíveis e voltou a responsabilizar os estados. Bolsonaro lançou um desafio para que governadores aceitem mudar a cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para que ele reduza impostos federais.

“Eu zero o (imposto) federal, se zerar ICMS. Está feito o desafio aqui. Eu zero o (imposto) federal hoje e eles (governadores) zeram ICMS. Se topar, eu aceito. Está ok?”, disse Bolsonaro.

Nos últimos dias, um grupo de 23 governadores cobrou o presidente pela redução de tributos federais sobre combustíveis, como PIS, Cofins e Cide. Bolsonaro afirmou que reduziu o preço do combustível ‘três vezes nos últimos dias’ e que a medida não teve impacto no preço cobrado na bomba. Ele também voltou a defender mudanças na cobrança do ICMS.

“Problema nós temos. Olha o problema que estou tendo com combustível. Pelo menos a população já começou a ver de quem é a responsabilidade. Não estou brigando com governador, eu quero que o ICMS seja cobrado no combustível lá na refinaria, e não na bomba”, disse Bolsonaro. “Eu baixei três vezes o combustível nos últimos dias e na bomba não baixou nada. É lógico que governadores são contra (mudar regra de ICMS), arrecadação, né?”, disse. 

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)