Bombeiros sofrem atentado e viatura é alvo de tiros em posto de combustível

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Viatura do Corpo de Bombeiros foi alvo de disparos de arma de fogo num posto de combustíveis nessa sexta-feira (20), em Cotriguaçu (952 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, a viatura estava abastecendo quando o veículo foi atingido por tiros. Não houve feridos.

Os militares ainda saíram em patrulhamento com a intenção de buscar pelos atiradores, mas ninguém foi localizado ou identificado. No entanto, os bombeiros encontraram e apreenderam quatro motosserras e uma espingarda abandonadas em um barraco em região de mata nas proximidades.

Diante de todos os fatos, a equipe de bombeiros seguiu até a Delegacia de Polícia Civil, onde relataram todos os fatos, entregaram o material apreendido na mata e registraram o boletim de ocorrência.

Até a publicação desta reportagem ainda não havia informações sobre a identidade dos criminosos e motivação para o atentado.

O comando do Corpo de Bombeiros informou que tomou conhecimento sobre o fato sofrido pela Base Descentralizada de Bombeiro Militar em serviço na região de Cotriguaçu e que a Polícia Judiciária Civil já tomou os procedimentos necessários ao caso, além de a Corregedoria Geral instaurar procedimento apuratório para responsabilizar os envolvidos.

 

Veja nota na íntegra

“O comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso teve, em 20/08/2021, conhecimento de fatos envolvendo uma guarnição denominada Base Descentralizada de Bombeiro Militar em serviço na região de Cotriguaçu mediante relatório da equipe e denúncia.

Além dos procedimentos de competência da PJC-MT e, como sempre, cumprindo os regramentos e ideais da instituição, já foi determinado à Corregedoria Geral instaurar um procedimento apuratório em busca da verdade real dos fatos e, ao final, de acordo com a apuração, responsabilizar os envolvidos, caso seja comprovada alguma atitude que não se enquadre com a ética, valores e princípios da Instituição”.