Chapada dos Guimarães

Chapada: em menos de 24h, Portão do Inferno registra o segundo deslizamento de terra

Mais um deslizamento foi registrado no paredão do Portão do Inferno, às margens da MT-251, em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), na noite de segunda-feira (11). Esse é o segundo registrado em menos de 24h. Policiais do município atuaram na limpeza da rodovia.

Vídeo gravado no local mostra policiais de Chapada limpando a pista. Os deslizamentos começaram no início da tarde, após chuva.

A situação foi tratada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) como “problemas” geológicos. Até o momento não há informações precisas sobre as medidas de segurança emergenciais que serão adotadas.

Irregularidades

Relatório contratado pela Sinfra mostrou 10 pontos sob risco de deslizamento no ponto turístico e foi encaminhado ao ICMbio com pedido de urgência na autorização dos reparos no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Ainda não houve resposta.

Conforme o governo, uma empresa de consultoria especializada fez o relatório e constatou pontos de risco de acidente geotécnico, entre os km 42 e 48 da rodovia – dentro da área do Parque Nacional, sendo que 3 pontos são considerados mais críticos.

Veja também

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF

Primeira-dama de Mato Grosso abraça a causa da Conscientização sobre a Doença Celíaca

Governador se reúne com banco que pretende financiar projetos de descarbonização em MT