(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Comandante da PM em Sinop abre inquérito para investigar denúncia que policiais teriam recebido propina em Cláudia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O tenente-coronel e comandante do 11º Batalhão de Sinop, Pedro Miguel de Sousa confirmou, há pouco, em entrevista, ao Só Notícias, que esteve, ontem, em Cláudia (90 quilômetros de Sinop) após denúncia contra três policiais que atuam no município. Ele adiantou que vai instaurar um procedimento interno para investigar.

De acordo com a denúncia feita na Polícia Civil, os militares teriam recebido ao menos R$ 4 mil para não prender um homem por porte ilegal de arma de fogo, no setor rural de Cláudia. “Ainda não tem nada comprovado. Vamos iniciar a apuração dos fatos. Será instaurando inquérito policial. A denúncia apurada é que os policiais teriam feito um acordo para não prender um morador. A informação inicial é essa, mas volto a destacar que não há nada comprovado. A princípio, vamos investigar três policiais. Serão 40 dias, prorrogáveis por mais 20, para conclusão das investigações”, afirmou Sousa.

Procurado por Só Notícias, o delegado de Cláudia, Pablo Bonifácio Carneiro, detalhou apenas que a denúncia foi repassada para o batalhão da PM em Sinop. “Recebemos algumas informações, mas tudo foi repassado para o comando da PM, que é responsável por investigar”.