Comandante-geral da PMMT discute integração da segurança nacional em reunião com ministro da Justiça

O comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Alexandre Corrêa Mendes, participou de um encontro, nesta segunda-feira (24.07), com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, em Brasília. A reunião foi voltada para discussões de ações sobre o Sistema Único de Segurança Pública (Susp), que busca a integração das forças de segurança nacionais.

Realizado na sede do Ministério, o encontro contou com a presença do secretário nacional de Segurança Pública, Tadeu Alencar, e de mais 25 comandantes-gerais das Polícias Militares de todo o país. A reunião teve como objetivo intensificar a inclusão dos estados nas discussões de segurança pública do Governo Federal e fortalecer o Sistema Único de Segurança Pública (Susp), que prevê integração e compartilhamento entre União e Estados na execução das políticas de segurança pública.

O ministro Flávio Dino ressaltou a necessidade de padronização das medições de indicadores criminais, para que sejam gerados dados mais precisos e, com isso, refinadas as diretrizes e metas das políticas de segurança pública.

“Não existe Susp sem que exista o abraço dos gestores das três esferas da tese de que a segurança pública é um problema de todos nós. Nós vamos conseguir um resultado satisfatório e eficaz se a gente conseguir mobilizar mais dinheiro, e hoje nós temos esse embaraço, que é o retardamento do uso. Então, na medida das alçadas de competência de cada um, reforçamos esse apelo”, explicou Flávio Dino.

O comandante-geral da PMMT avaliou positivamente o encontro e ressaltou a importância da integração dos Estados para o combate à criminalidade. “Tivemos aqui conversas e alinhamentos necessários para continuarmos esse trabalho de parceria. Vivemos recentemente a operação Canguçu, onde o sucesso da ação só foi possível graças a rápida integração entre cinco Estados, que auxiliaram rapidamente a PM de Mato Grosso”, lembrou.

“Hoje, mais do que nunca, vemos que o crime não respeita fronteiras e precisamos estar aptos para atuarmos a todo momento em prol de defesa de toda a sociedade e do cidadão de bem”, pontuou o coronel Mendes.

*Com informações assessoria Ministério da Justiça e Segurança Pública

Veja também

Sorriso: tiroteio em bar no Jardim Primavera deixa um homem gravemente ferido

Sorriso: operação Vitae Fase XI resulta em prisões e apreensões no Boa Esperança

Sorriso: suspeitos de tentativa de homicídio são detidos pouco depois do crime

Sorriso: homem morre esfaqueado no bairro Nova Aliança 1

Patrulha Rural prende homem com réplicas de armas de fogo em Cláudia

Integrante de bando morto em confronto com a polícia de Lucas do RIo Verde era morador de Sorriso