Condenado por tráfico de drogas em MS é preso pela PJC de Sorriso; era servidor público do município

Um foragido da Justiça de Mato Grosso do Sul foi preso nesta tarde de quinta-feira (09.02), em Sorriso.

O foragido foi localizado durante diligências realizadas pela Delegacia da Polícia Civil de Sorriso. De acordo com o delegado de polícia Dr. Eugenio Rudy, o homem de 38 anos é funcionário do município e estava com a prisão definitiva decretada pela Comarca de Dourados após condenação a oito anos pelo crime de tráfico de drogas.

“Quando do cumprimento do mandado soubemos que em alguns momentos ele atuou junto com as forças de segurança em operações Lei Seca. A prisão é definitiva, pelo crime de tráfico de drogas. Se a questão for só por este mandado, trata-se somente de cumprimento de pena, porque ele já foi condenado e aí não haverá inquirição”, disse o delegado.

O delegado disse ainda que em Sorriso, ele era tido como pessoa idônea. “Não tínhamos nenhuma informação acerca de condutas criminosas por parte dele”, afirmou. (Com informações de Rayssa Avila)

Na manhã desta sexta-feira, o município se manifestou a respeito da prisão por meio da nota que segue na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre o cumprimento de decisão judicial com mandado de prisão em desfavor de
servidor público municipal efetivo, ocorrida na data de ontem (09.02.2023), a Prefeitura
Municipal de Sorriso vem a público informar que:
a) assim como os órgãos de segurança do Município, a administração Municipal também
foi surpreendida com a decisão e lamenta o fato;
b) que ainda não foi comunicada oficialmente, mas que tomará todas as medidas previstas
no Estatuto do Servidor, com a abertura de Procedimento Disciplinar Administrativo,
assegurado o direito de defesa e que poderá levar a perda do cargo do servidor condenado;
c) que o servidor apresentou no seu ato de posse, em maio de 2015, todas as Certidões
Negativas (estadual e federal no âmbito Civil e Criminal) atestando “nada consta”, já que o
acordão que negou o recurso interposto pelo servidor transitou em julgado em 10/06/2016;
d) Em tempo a Prefeitura lamenta o fato e reitera que preza pela honestidade, probidade
e transparência de todos seus servidores.

Sorriso, 10 de fevereiro de 2023

Veja também

Tayane Cáttely é a primeira entrevistada da série Semana da Mulher na Voz do Povo

Operação Hígia: Guarda Civil Municipal de Sorriso intensifica a fiscalização e recolhimento de veículos abandonados

Sorriso: gerente de empresa é preso por suposto desvio financeiro e lavagem de dinheiro

Corpo é encontrado em plantação de milho em Lucas do Rio Verde ; PJC investiga

Boa Esperança do Norte: homem é detido com garrucha após denúncia de que teria incendiado residência

Diamond Park: inovando o Conceito de Moradia em Sorriso