Confronto com a Força Tática resulta na morte de cinco membros do Comando Vermelho em Nova Olímpia

Na noite desta quarta-feira (26), um confronto entre membros do Comando Vermelho (CV) e a Força Tática resultou na morte de cinco criminosos na cidade de Nova Olímpia, situada a 207 km ao médio-norte de Cuiabá.

De acordo com informações fornecidas pela Polícia Militar da cidade, a ocorrência teve início por volta das 19h, quando a agência de inteligência do 7º Comando Regional obteve informações sobre uma reunião de faccionados do CV que estavam se preparando para realizar novos homicídios contra membros de facções rivais.

Após receberem a informação, duas equipes da Força Tática foram enviadas ao local da reunião para intervir na situação. Ao chegar à casa onde os criminosos estavam reunidos, os policiais foram recebidos com tiros, e o confronto teve início.

Após um intenso tiroteio, os policiais conseguiram neutralizar os suspeitos, e cinco deles foram encontrados caídos no solo, alvejados pelos disparos. Durante a revista no local, foram apreendidas quatro armas de fogo, sendo duas pistolas calibre 9 mm e dois revólveres.

Os suspeitos feridos foram socorridos e encaminhados para o Hospital Municipal, no entanto, não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. Enquanto uma equipe permaneceu no hospital, outra iniciou uma busca pelos dois suspeitos que conseguiram fugir do local. Felizmente, a ação foi bem-sucedida, e os dois fugitivos foram encontrados e presos. Um deles estava com um mandado de prisão em aberto e prestava apoio ao Comando Vermelho.

A operação da Polícia Militar ocorreu apenas três dias após um crime brutal que chocou a cidade de Nova Olímpia. Na madrugada de segunda-feira (24), membros do Comando Vermelho queimaram duas pessoas em um canavial. Uma das vítimas foi encontrada carbonizada e outra ferida, com 90% do corpo queimado, permanecendo em estado grave. A testemunha do crime informou que os criminosos alegaram que a dupla era afiliada a uma facção rival e, por isso, mereciam ser executados.

Na terça-feira (25), uma ação conjunta entre a Polícia Militar e a Polícia Civil resultou na prisão de um casal suspeito de envolvimento no crime, porém, o caso ainda segue sob investigação.

Veja também

Diamond Park: inovando o Conceito de Moradia em Sorriso

Fumaça na sala de embarque do aeroporto Marechal Rondon assusta passageiros

Ex-padrasto é preso pela Polícia Civil após abusar sexualmente de adolescente e induzi-la a aborto

SORRISO: mulher é espancada com pedaço de madeira no Jardim Tropical após desentendimento

SORRISO: homem supostamente embriagado provoca acidente na Avenida Brasil

SORRISO: Empresário morre após cair em lago artificial na região do Rio Teles Pires