Conselho aprova projeto para construção de mil casas no Residencial Mário Raiter em Sorriso

Na última sexta-feira (1.º de dezembro), os membros do Conselho Municipal de Habitação deliberaram favoravelmente à escolha de uma área adjacente ao Residencial Mário Raiter para a construção de até mil novas residências, por meio do renomado programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Com a aprovação unânime do Conselho para a área que está sendo prospectada pela Administração Municipal, o próximo passo será encaminhar, até a próxima semana, o projeto de lei à Câmara de Vereadores. O projeto tem como finalidade autorizar a aquisição da área de 25 hectares pelo Município, representando um investimento significativo de R$ 31 milhões.

O secretário de Governo, Hilton Polesello, encarregado de encontrar um terreno adequado para apresentar ao Governo Federal, explicou o criterioso processo de seleção. “Analisamos 19 propostas em diferentes partes da cidade. No entanto, esta área próxima ao Mário Raiter é a que melhor se alinha com as diretrizes estabelecidas pela portaria do Governo Federal [725/2023], que define os requisitos necessários para um terreno receber um conjunto habitacional pelo Minha Casa, Minha Vida”, esclareceu o secretário. Ele destacou a proximidade da região com serviços de saúde e educação já existentes no Mário Raiter como um ponto forte da escolha.

“Além das estruturas já presentes, o Mário Raiter será beneficiado com a construção de duas escolas, uma municipal e uma estadual. Caso o Conjunto Habitacional seja aprovado, a Prefeitura planeja reservar recursos para a construção de mais um Posto de Saúde da Família (PSF) e um Centro Municipal de Educação Infantil (Cemeis) no novo empreendimento residencial”, acrescentou o secretário Polesello, enfatizando o compromisso com o desenvolvimento integrado da comunidade.

Veja também

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF

Primeira-dama de Mato Grosso abraça a causa da Conscientização sobre a Doença Celíaca

Governador se reúne com banco que pretende financiar projetos de descarbonização em MT