Consumo de energia elétrica aumenta 12% em MT

O consumo de energia elétrica segue alta em Mato Grosso, com destaque para a indústria de alimentos, minerais não-metálicos, serviços e comércio. Os dados são do Monitoramento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.

Em março e abril, Mato Grosso registrou a maior alta no consumo de energia elétrica entre os estados brasileiros, segundo dados preliminares do Boletim InfoMercado Quinzenal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Os dados mostram que em abril foram utilizados 1.267 megawatts médios, o que representa um volume 12% maior em relação ao mesmo período de 2021.Conforme o levantamento, quase 80% do volume de energia foi demandada pelo mercado regulado, que cresceu 13% em Mato Grosso nos últimos 12 meses. O restante foi consumido pela indústria e grandes empresas, como shoppings e lojas, que compram energia no mercado livre. O ambiente avançou 9,5% em abril.

O setor cita que o destaque ficou para as indústrias do gênero alimentício. Foram 135 MW médios utilizados em abril, o que representa um crescimento de 2% em relação ao ano passado, segundo o CCEE.

A extração e refino de minerais não-metálicos em Mato Grosso, demandou 46 MW médios, alta de 17%. Os setores de Serviços e Comércio, avançaram 54% e 31%, respectivamente, no comparativo anual, impulsionados ainda pelas novas cargas que migraram para o mercado livre no estado.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

691057d5c304852e32301b26607ddfef

STJ extingue ação que questionava troca do VLT pelo BRT

thumb__600_0_0_0_auto (24)

Trecho da faixa de domínio da BR-163 passa a contar com defensas metálicas

f32b854e-aed7-4b58-a545-a27852bb655d-990x556

Radares de velocidades são removidos e novos modelos serão colocados na BR-163 de Sinop a divisa com MS

thumb__600_0_0_0_auto (22)

Representantes da Prefeitura e do Ciopaer analisam área para heliponto no HRS

Dorner-Miguel-Leandro-990x556

Prefeitos do Nortão reiteram hoje em ministério que consórcio de prefeituras quer prioridade na duplicação da 163 no Nortão

Ve-990x556

Governo enquadra concessão da BR-163 de Sinop a Miritituba para receber R$ 68 milhões em incentivos