(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Cooperação entre Poderes e iniciativa privada prevê utilização de imagens de videomonitoramento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Disponibilizadas em nuvem, as imagens serão analisadas pela PM

“Sorria, você está sendo filmado.” Muito em breve, as imagens captadas por câmeras de segurança instaladas em empresas de Sorriso poderão ser disponibilizadas para a central de monitoramento instalada no 12.º Batalhão da Polícia Militar (PM).

Por meio do Programa “Sorriso + Segura”, formalizado hoje (17) em uma reunião do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), promovida no Centro de Eventos Ari José Riedi, fica estabelecido o acordo de cooperação entre o Município, o Estado de Mato Grosso e também a Associação Comercial e Empresarial de Sorriso (ACES) para a interligação deste sistema, que contará com a participação de todas as forças de segurança do Município.

De acordo com o documento, fica sob responsabilidade do Município, entre outras demandas, o suporte técnico para a iniciativa, como a autorização para instalação de torres de publicidade que servirão para abrigar câmeras, disponibilização de energia elétrica para o funcionamento destas estruturas, assim como os equipamentos e a internet banda larga para a central de monitoramento, que já está devidamente instalada na PM.

Já as empresas que quiserem participar da iniciativa e contribuir para subsidiar as forças de segurança devem conceder as imagens por meio de transmissão de dados via rede IP com plataforma de 100% em nuvem. “Esta é uma demanda antiga da sociedade e já estamos, há um bom tempo, tentando viabilizar este processo, que vai contribuir de maneira intensa no combate à criminalidade com foco na prevenção de ocorrências”, aponta o comandante da PM no município, tenente-coronel Jorge Almeida.

O secretário de Fazenda de Sorriso, Sérgio Kocová, destaca que a iniciativa não envolve grandes investimentos para o Município e deve ampliar a sensação de segurança para toda a população. “Esperamos que muitas empresas abracem esta ideia, e que, em seis meses, possamos contar com imagens de até 150 câmeras de videomonitoramento”, estima.

Titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep), José Carlos Moura explica ainda que além das câmeras das fachadas, destas do videomonitoramento mesmo, outras poderão ser instaladas em placas publicitárias, em espaços devidamente liberados pela Secretaria Municipal da Cidade (Semcid).

“Mais uma vez, por meio da ação integrada entre Município, Estado, representantes da sociedade, e, neste caso específico, nossa classe empresarial, estamos avançando em segurança pública, de maneira articulada e em uma relação que todos ganham: as forças de segurança ganham olhos em vários pontos da cidade, as empresas podem contar com a pronta reação das forças policiais a qualquer indício de irregularidade, e principalmente, ganha toda a população, com a ampliação da segurança em toda a cidade”, destaca o prefeito de Sorriso, Ari Lafin.