Desembargador suspende decreto que autoriza volta às aulas na rede privada em Sorriso

Publicado em 18/05/2020

O desembargador Mario Roberto Kono de Oliveira concedeu, parcialmente, liminar e suspendendo até 31 de maio, o decreto 276/2020, que autoriza volta às aulas na rede privada do Município de Sorriso.

A liminar atende pedido do Ministério Público e Defensoria Pública de Sorriso.

Todos os detalhes no programa A Voz do Povo, às 10h.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?