Detran-MT divulga calendário de pagamento do Licenciamento 2024

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) divulgou o calendário de pagamento do Licenciamento Anual referente ao exercício de 2024. A tabela está disponível na portaria nº 950/2023 publicada no Diário Oficial do Estado que circulou nesta quarta-feira (27.12).
Proprietários de veículos com placa finais 1, 2 e 3 devem efetuar o pagamento do Licenciamento 2024 até o dia 31 de março. Para veículos com placa final 4, o pagamento será até o dia 30 de abril; placa final 5, até o dia 31 de maio; final 6 até o dia 30 de junho; final 7 até 31 de julho; final 8 até 31 de agosto; final 9 até 30 de setembro e placa final 0 até o dia 31 de outubro.A taxa do Licenciamento pode ser emitida no site do Detran-MT, na opção “Consulte Seu Veículo”, ou pelo aplicativo MT Cidadão. Após o pagamento, o proprietário do veículo deve emitir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV-e) em formato digital (arquivo em PDF) ou imprimir o documento em papel comum.

O documento no formato digital ou em papel comum possui o mesmo valor jurídico do antigo “verdinho”, com autenticidade e segurança garantidos por meio de QR Code que está ligado à base nacional de dados da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

O presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, ressalta aos condutores que, para licenciar o veículo e transitar de forma regular, é preciso quitar todos os débitos pendentes como IPVA, taxa de licenciamento e possíveis multas de trânsito, além da regularização de pendências administrativas ou jurídica, caso o veículo tenha.

CLIQUE AQUI e confira o passo a passo de como emitir o Licenciamento do veículo.

Veja também

Rio Grande do Sul: 18 escolas públicas de Porto Alegre retomam aulas nesta segunda-feira (20)

Padre Augustinho Bona que morreu em Sorriso ontem, será sepultado no Paraná

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF