Detran-MT retoma prazos para transferência e emplacamento de veículos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Os prazos para transferência de propriedade e emplacamento de veículos foram retomados, após Deliberação nº 253 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A suspensão ocorreu em março de 2021 como medida de enfrentamento à pandemia do Covid-19 em Mato Grosso.

Conforme a deliberação, a transferência de propriedade de veículo adquirido entre 29 de janeiro de 2021 e 14 de fevereiro de 2022 deve ser efetuada até 31 de março deste ano; já o veículo novo adquirido entre 12 de fevereiro de 2021 e 14 de fevereiro de 2022, também deve ser registrado e licenciado até 31 de março.

Já o prazo para transferência e primeiro emplacamento de veículos novos ou usados, adquiridos a partir de 15 de fevereiro de 2022, foi reestabelecido em 30 dias para a regularização.

O Detran-MT reforça que os serviços de transferência de propriedade e primeiro emplacamento podem ser iniciados pelo aplicativo MT Cidadão ou pelo site oficial do órgão. Caso o cidadão prefira realizar o serviço de forma presencial, é necessário o agendamento prévio do atendimento através do site do Detran.

Outras informações: (65) 3615-4800 – Disque Detran

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__1280_0_0_0_auto - 2022-05-19T091617.771

Sensibilização e educação são estratégias para melhorar o trânsito

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-05-18T150559.228

Secreatia Municipal de Segurança fez 137 autuações em três meses na Av. Blumenau

B8469B96-2F2D-45EA-AB37-00E0D9B83ED7-1024x488

Politec é acionada para apurar causas do acidente na BR-163 entre ônibus e carreta

LUTO site

Politec lamenta falecimento de papiloscopista em acidente com ônibus na BR-163

0C07C86B-7A8B-4780-940E-AEAEADCF2FB9

Trágico acidente na BR-163 envolvendo ônibus e carreta resultou em oito mortes

8D614170-9CD6-4C2C-B062-C95DAAD2A98D-1024x576

Sorriso: PRF lamenta trágico acidente que deixou pelo menos 11 mortos