Saúde

Devido a pandemia do Coronavírus 55 profissionais da Secretaria de Saúde de Sorriso seguem afastados

Por: Assessoria Prefeitura Publicado em 22/04/2020

Dados do Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura de Sorriso  apontam que 55 servidores , que são lotados na Secretaria de Saúde e Saneamento, estão afastados de suas funções. O afastamento faz parte da estratégia do Ministério da Saúde (MS) para evitar a exposição de determinados profissionais, que devidos a problemas de saúde e ou idade, fazem parte do grupo de risco para a Covid19.  

O Plano de Contingência de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus  orienta que tem direito ao afastamento os profissionais de saúde acima de 60 anos, com  doenças renais crônicas, doenças como diabetes, hipertensão, doenças cardiovascular, asma, arritmia, gestantes e lactantes.

“Os desafios da gestão em saúde nunca param, neste momento que enfrentamos uma das fases mais difíceis da saúde em nível de mundo, também lidamos com o maior número da história em termo de afastamento de profissionais de saúde. É um direito deles, pois eles têm menos resistência a doença.  O que faz terem mais risco de contrair a Covid19  e até risco de morte, imunidade é mais baixa por isso devem ficar em casa.  Mas mesmo com todo esses profissionais afastados ninguém fica sem atendimento na saúde.  Nós fizemos remanejamento, abrimos os Centro de Referência para Atendimentos de Sintomas Gripais, para que nossas unidades possam continuar atendendo as demais situações de urgência e emergência. Só pedimos para evitar a ir nas unidades o quanto possível, para evitar qualquer possível contaminação ”, explicou o secretário de Saúde  e Saneamento, Luis Fábio Marchioro.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?