Dois ladrões de bancos morrem em confronto com policiais da Força Tática e três são presos

Dois ladrões morreram em confronto com a Polícia Militar e outros três foram presos, na noite de sexta-feira (25), na cidade Matupá com vários equipamentos para cometerem furto em agências bancárias.

De acordo com o boletim de ocorrências, os policiais estavam em rondas no bairro Cidade Alta, quando percebeu cinco suspeitos em frente a uma casa, sendo que quatro ao perceberem a aproximação policial fugiram tomando rumo sentido um matagal.

Um dos suspeitos permaneceu em frente a residência e ao ser revistado, nada de ilícito foi encontrado em sua posse, mas ao ser feita uma revista minuciosa no imóvel, diversos materiais utilizados para arrombamento de bancos foram encontrados na casa.

O suspeito confessou que o material seria utilizado para furto a agência do Banco do Brasil. Os demais militares saíram em buscas dos demais suspeitos e em uma residência próxima, dois dos criminosos foram encontrados. A dupla atirou contra os policiais que reagiram ao ataque e revidaram.

Os ladrões foram baleados e encaminhados com vida ao hospital, porém, acabaram não resistindo aos ferimentos e morreram. Os outros dois criminosos que tentaram fugir foram encontrados escondidos embaixo de uma vegetação no quintal de uma casa.

Diante da situação, o trio foi levado para a delegacia para serem tomadas as medidas cabíveis. O trio segue à disposição da Polícia Civil que investiga o caso.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

luz na infancia brasilia

Operação nacional sincroniza esforços no combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

92e0829b-1e7b-4314-90e9-1f2915640b49

PRF apreende dois mil kg de agrotóxicos ilegais em MT

estuprocapa-870x570

Tio convida sobrinha para dar uma volta, desvia o caminho e a estupra em matagal em MT

cpi fantasmas

Presidente da CPI dos Fantasmas diz que vai intimar novamente Paulo Henrique, ex-coordenador de equipe da Coopervale

policia civil mt

Capturados em MT pai e filhos foragidos da polícia alagoana

DHPP de Cuiabá em investigações

Atuação concentrada no esclarecimento de homicídios a mando de facções reforça enfrentamento qualificado e resulta em 35 prisões