(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Doses de vacina contra a covid desaparecem de posto de saúde em Lucas do Rio Verde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Cerca de 85 doses de vacinas da Astrazeneca para imunização contra a covid-19 sumiram do Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Rio Verde, em Lucas. O crime já foi comunicado à Polícia Civil, que passa a investigar o desaparecimento. No início da noite, a secretária de Saúde, Fernanda Ventura, foi até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência.

A gestora explicou à Polícia Civil que as doses foram transferidas para o PSF do Rio Verde, ontem, no final da tarde, já que a imunização desta terça-feira começaria por volta das 6h30. Segundo ela, as doses para vacinação de 120 moradores foram transferidas para o Posto, passaram por vistoria, ainda ontem, quando chegaram, e foram armazenadas na sala de vacinação, que ficou fechada.

De acordo com a secretária, a imunização começou, esta manhã, conforme estava programado, e, somente no final da tarde, a aplicadora percebeu que 17 frascos estavam abertos e as doses haviam sumido. Cada ampola da marca Astrazeneca contém cinco doses. Depois da retirada dos frascos de armazenamento, a vacina só dura por um período de seis horas.

O PSF do Rio Verde não tem sistema de videomonitoramento, mas conta com serviços de vigilância. A sala de vacinação foi isolada e, além da Polícia Civil, o caso também deve ser investigado por um procedimento interno na prefeitura.

Em nota, a prefeitura manifestou “que todas as doses de imunizantes recebidas semanalmente ficam centralizadas na Vigilância em Saúde, de onde são redistribuídas aos PSFs à medida em que os agendamentos são realizados. A unidade básica de saúde em questão foi abastecida com 210 doses, total que seria suficiente para os agendamentos de terça e quarta-feiras. Desse número, cerca de 90 doses já haviam sido aplicadas. No final da tarde, ao conferir o estoque, trabalho que é feito diariamente, e perceber 17 frascos vazios, uma das servidoras da unidade entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde. Uma equipe da Polícia Civil foi acionada para fazer o registro da ocorrência e isolamento do local. A secretaria informa que a sala do PSF onde ficam os imunizantes não tinha câmera ou controle de acesso”.

A procuradoria municipal vai instaurar sindicância interna para apurar o caso e todas as medidas cabíveis serão tomadas conforme decorrer do processo. O Ministério Público também já foi informado e o município segue acompanhando a investigação da polícia para prestar esclarecimentos à população.

A secretaria de Saúde informa ainda que a vacinação por agendamento prevista para esta quarta-feira não será prejudicada e a Prefeitura fará as devidas solicitações ao governo do Estado para obter uma reserva técnica, reaver o quantitativo perdido e não causar prejuízos àqueles que receberiam as doses furtadas.

“Lucas do Rio Verde é o quinto colocado com maior índice de aplicação de vacinas, sendo 78% dos imunizantes já aplicados em primeira e segunda dose. As demais doses ainda em reserva são destinadas à segunda dose ou aguardam agendamento por pré-cadastro”, conclui a prefeitura.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com