Em mais uma suspeita de fraude, servidores da saúde são afastados da Prefeitura de Sorriso

Três servidores da Secretaria Municipal de Saúde foram afastados nesta semana por suposto envolvimento com pagamento em duplicidade de procedimentos.

A informação sobre o afastamento dos funcionários foi confirmada pelo próprio Secretário Municipal de Saúde Luiz Fábio Marchioro. Ele disse, entretanto, que ainda não pode dar maiores informações sobre o caso em si.

Extraoficialmente sabe-se que teria ocorrido pagamento em duplicidade de procedimentos médico. Uma única cirurgia teria sido paga várias vezes. Mas, os fatos ainda estão sendo averiguados. Preliminarmente, em torno de R$ 250 mil reais de prejuízos podem ter sido causado aos cofres públicos de Sorriso.

Em entrevista, Luiz Fábio afirmou que os pagamentos não são feitos diretamente pela sua pasta. “São processos feitos sem a participação direta da Secretaria de Saúde. Tem um setor competente para isso e assim que foi constatado pela própria equipe da Secretaria de Fazenda, já tomamos providencias, afastando servidores, mas não queremos tomar nenhuma atitude precipitada”, afirmou.

O secretário disse que está cobrando de todas as instâncias as providências para esclarecer a situação. “Este secretário aqui tem total responsabilidade de esclarecer os fatos. Quero garantir à população de Sorriso que, se houve alguma situação, se foi erro ou atitude de má fé vamos descobrir. Sou o primeiro interessado. O Prefeito também nos cobrou e vamos as últimas instâncias para explicar à população”, destacou Luiz Fábio.

Sem falar de valores, porque não há ainda total clareza sobre a questão, o secretário ressaltou que faz questão de ser transparente sobre os fatos. “Temos um problema, que estamos encarando e vamos encontrar onde foi o erro ou a má intenção. Está sendo investigado. A nota fiscal diz que é um tipo de cirurgia, mas precisamos de uma banca de médicos, uma investigação mais aprofundada tecnicamente para que possamos passar informações”.

No mesmo dia (24-05), o secretário de Administração Estevam Calvo falou sobre investigações de outra suspeita de fraude, envolvendo a Cooperativa Cooper Vale. 

(colaborou Heverton Luiz)

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

viatura prf

Suspeitos são presos com R$ 500 mil em dinheiro e drogas

motoboy agredido

Motoboy é agredido por empresário por atraso na entrega de pizza em Sinop

WhatsApp-Image-2022-06-29-at-08.07.04-1

Ônibus desgovernado desce avenida e para após atingir farmácia em Lucas

WhatsApp Image 2022-06-29 at 09.24.40

Clínica Damo comemora 30 anos de atuação e reinaugura estrutura moderna no município de Sorriso

Mega-Sena, concurso da  Mega-Sena, jogos da  Mega-Sena, loteria da  Mega-Sena

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 37 milhões

coleta

Coleta de resíduos segue para o Setor 6