Exame detecta coronavírus em paciente de Cuiabá e hospital aguarda contraprova

Por: Olhar Direto Publicado em 16/03/2020

Exame realizado em Cuiabá, cujo resultado saiu na tarde desta segunda-feira (16), atesta positivo para o novo coronavírus. O paciente, de 48 anos, encontra-se internado no Hospital Santa Rosa. A contraprova foi realizada e o resultado ainda é aguardado. A informação foi confirmada pela direção do Hospital, por meio de nota, assinada pelo diretor Cervante Caporossi, diretora-executiva Mara Nasrala e pelo coordenador do Pronto Atendimento, Luciano Côrrea Ribeiro.

Por meio de nota, o Hospital Santa Rosa disse que o paciente apresenta sintomas semelhantes ao do Covid-19, sendo que a infecção viral foi confirmada em uma primeira prova do teste PCR em tempo real. O paciente esteve recentemente na Itália e segue monitorado em isolamento respiratório.

No momento está sendo realizado exames diagnósticos para avaliar uma possível internação, seguindo protocolos do Ministério da Saúde. A unidade hospitalar já notificou o caso a Vigilância Epidemiológica de Mato Grosso.

“A diretoria do Hospital Santa Rosa e sua equipe assistencial adverte a população e pacientes que não há motivos para pânico ou histeria. Todos os procedimentos e protocolos nacionais e mundiais estão sendo cumpridos pela instituição de saúde”, diz trecho da nota.

Procurada, a Prefeitura de Cuiabá disse que ainda não há confirmação de casos de Covid-19 na Capital e manteve o boletim que informa somente sobre casos suspeitos.

No momento, oficialmente, apenas um caso está sob investigação, sendo que 13 casos já foram descartados. Um paciente foi submetido ao exame de contraprova, que apresentou resultado negativo. Mesmo assim, ele continua em quarentena enquanto aguarda outros resultados.

Na tarde de hoje, o Governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá irão realizar coletivas de imprensa para informar as medidas que deverão ser tomadas no Estado por conta da pandemia. 

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?