Exportações de milho em MT crescem 410% em 12 meses

Incremento está relacionado à antecipação da colheita em grande parte do estado

 

As exportações de milho em Mato Grosso totalizaram um volume de 456,55 mil toneladas somente em junho deste ano. De acordo com o Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), o estado enviou ao exterior 36,06% a mais do cereal que no mês anterior. Já em comparação ao mesmo período da safra do ano passado, o incremento é ainda maior, com envios 410,04% superiores a junho de 2021.

Segundo o instituto, o crescimento é justificado pela antecipação da colheita que começou no mês de maio na maior parte das regiões do estado e segue a mais adiantada em relação às últimas cinco safras, desde o começo dos trabalhos de campo.

Neste cenário, os produtores de milho conseguiram antecipar os embarques do cereal que haviam sido comercializados antecipadamente. Por fim, com o fechamento do ano safra 2020/21 (jul-jun), no acumulado, foram enviados 16,53 milhões de toneladas ao exterior, valor 26,36% menor que o registrado na safra anterior. O principal motivo da queda está relacionado com a quebra produtiva que ocorreu na temporada passada, devido aos atrasos na semeadura em Mato Grosso, em que grande parte das áreas de milho foram plantadas fora da janela ideal.

Com informações do Imea

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Algodão incendiado

Incêndio destrói milhares de fardos de algodão e deixa prejuízo milionário no Nortão

vigilancia-sanitaria-monitora-area-com-caso-de-raiva-animal-em-lucas-do-rio-verde (1)

Caso de raiva animal é monitorado pela Vigilância Sanitária em Lucas do Rio Verde

pxexomtu2im6wsyqwqi21tubr6uvxyssc9zgurdybzmpuodi

Transportadoras de Sinop, Sorriso e região buscam ‘rotas alternativas’ por causa do baixo preço do frete até Miritituba

sadi_Silvano

Sindicato Rural de Sorriso elege nova diretoria nesta quinta-feira (28) – vídeo

PLANO ABC

Entidades do agronegócio aderem a plano para adotar práticas sustentáveis no Estado

Ve-990x556 (1)

Empresas de Sinop e Sorriso fazem manifesto contra preço baixo do frete e suspendem transporte de alguns produtos