Filha de sargento da Polícia Militar morre afogada em piscina de clube em Mato Grosso

Uma menina de 12 anos morreu após afogar-se na piscina de um clube frequentado por policiais em Mato Grosso. O fato ocorreu na tarde deste domingo (17), em Cuiabá.

De acordo com informações, a adolescente é filha de um sargento da Polícia Militar e estava curtindo o domingo na companhia de familiares. Em determinado momento, o salva-vidas do local precisou sair para o intervalo do almoço.

Quando as pessoas perceberam o afogamento, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas, quando os socorristas chegaram, ela já estava morta.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada logo depois e fez os trabalhos de perícia no local. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal e as causas do afogamento estão sendo investigadas.

Em nota, a associação lamentou a morte e afirmou que está prestando todo auxílio para a família.

Acusação de negligência

O pai da menina, que é sargento da PM relatou em um vídeo nas redes sociais que a associação foi negligente, pois não deixou nenhum substituto  durante o intervalo do salva-vidas do local.

Relatou ainda que a piscina é profunda e desta forma, não poderia ficar funcionando sem a devida atenção dos responsáveis pela segurança dos banhistas.

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__1280_0_0_0_auto (25)

Delegado-geral da PJC anuncia aumento de efetivo para Sorriso

pm,_festa

Segurança na Exporriso 2022 registrou número baixíssimo de ocorrências

whatsapp-image-2022-05-15-at-20.48.14

Incêndio atinge hospital municipal em Cuiabá e pacientes são retirados às pressas

crime-lgtb-fobia

Sesp promove debate para elaboração do plano estadual de enfrentamento aos crimes de homofobia

Nucleo Mulher AF

Atendimento a vítimas de violência ganha espaço exclusivo em delegacia no norte de MT

acidentes linhão

Energisa e Aprosoja fazem alerta sobre segurança a produtores em Mato Grosso