Garimpeiro que respondia processo de feminicídio em liberdade é morto a tiros em hotel em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

O garimpeiro Paulo Cardoso dos Santos Freitas, de 50 anos, que era investigado por um feminicídio ocorrido em março de 2020, foi morto a tiros no quarto de um hotel no Centro de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, na noite dessa quarta-feira (2).

De acordo com a Polícia Civil, três homens armados invadiram o estabelecimento e agrediram o recepcionista para que ele informasse o número do quarto do último hóspede a entrar no hotel naquela noite.

Após conseguirem informações sobre a hospedagem de Paulo, os suspeitos foram até o quarto e atiraram várias vezes contra ele.

A vítima foi encontrada por policiais militares caída atrás da porta do quarto com as chaves do cômodo na mão.

Segundo a polícia, a porta não tinha sinal de arrombamento e não havia sinais de luta corporal.

Os suspeitos fugiram após o crime. Nenhum pertence da vítima foi levado.

A Polícia Civil esteve no local para perícia e investiga o crime.

Feminicídio

 

Paulo respondia a um processo de feminicídio em liberdade.

Conforme o processo, ele teria assinado Rosilene Nilson da Conceição, de 26 anos, em março de 2020. À época, ele foi preso em flagrante, mas recebeu liberdade mediante alvará judicial em outubro do mesmo ano.

A polícia contou que o suspeito e a vítima discutiram naquele dia e, logo depois, o homem foi flagrado atirando contra a mulher.

A vítima morreu antes mesmo da equipe de socorro chegar.

Já o suspeito tentou fugir em um carro, mas foi cercado pela polícia no trevo que dá acesso ao município de Carlinda, a 724 km de Cuiabá.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

passaporte-07022022160716983

Emissões de passaporte mais que dobram no Brasil no 1º trimestre

thumb__600_0_0_0_auto (17)

Geraldo Rufino contará sua história a sorrisenses

Fábrica da empresa brasileira BRF em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Brasil precisa qualificar 9,6 milhões de trabalhadores em ocupações industriais até 2025

Golpe Nota MT

Moradora de Nova Mutum fatura 10 mil em sorteio do Programa Nota MT

Industria-mt

Mato Grosso alcança primeira posição em crescimento médio da indústria no Brasil

04-Governo-liberará-R-32-bilhões-para-financiar-programa-de-energia-solar-Foto-Prefeitura-Municipal-de-Palmas-TO

Assembleia Legislativa de Mato Grosso Assembleia aprova em definitivo veto a ICMS de energia solar