Governo de MT paga Gratificação por Resultados a servidores da Educação nesta quarta-feira (20)

O Governo de Mato Grosso destinou R$ 244,4 milhões para pagar a Gratificação Anual por Eficiência e Resultado dos Profissionais da Educação Básica (GR) aos servidores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), nesta quarta-feira (20.12). O valor será diferenciado para cada servidor em razão das metas coletivas ou individuais propostas, e será depositado em parcela única.

As regras para o pagamento do benefício destacam que, na pontuação individual, o servidor precisará ter assiduidade durante todo o ano letivo e ter feito 200 horas mínimas de formação continuada ofertada pela Seduc para receber integralmente a GR. Nos resultados coletivos, contarão pontos a contribuição com a diminuição da evasão escolar, além de ter participado dos processos da recuperação da aprendizagem, entre outros.

Esta ação faz parte da Política de Valorização Profissional, uma das 30 políticas educacionais que compõem o plano EducAção 10 Anos, que objetiva colocar a Rede Estadual de Ensino entre as cinco redes públicas mais bem avaliadas no país até 2032.

“Todos os servidores poderão receber a GR, desde que tenham cumprido o que foi estabelecido em lei”, reforça o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Conforme o secretário, cada profissional da educação já pode saber como está sua pontuação individual e qual valor terá para receber, por meio do site da Seduc. Para a consulta, basta inserir o número da matrícula e os cursos que foram ofertados na plataforma Ambiente Virtual de Aprendizagem e Desenvolvimento Profissional (Avadep).

Feito isso, automaticamente o sistema fará a contagem de pontos dentro de formação e da rotina de trabalho de cada servidor. Em seguida, o sistema irá gerar o valor estimado que o servidor irá receber como gratificação.

Caso o servidor não concorde com os dados de sua formação ou carga horária, ele poderá abrir um questionamento via Sigadoc (Sistema Estadual de Produção e Gestão de Documentos Digitais) e encaminhar para a Diretoria Regional de Educação (DRE) do seu polo solicitando revisão do processo.

Veja também

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro

Concurso Público Nacional Unificado é adiado em todo o país por causa das fortes chuvas no Rio Grande do Sul

Pais e responsáveis devem atualizar cadastro escolar nas 647 escolas da rede estadual de ensino

Inscrições para o Encceja começam nesta segunda-feira(29)

Psicóloga sorrisense Alexandra Andraski destaca importância da participação familiar na escola

Escola Estadual Mário Spinelli encaminha nota sobre denúncias de uso de substâncias ilegais no pátio