Governo emite ordem de serviço para retomada de obra da Escola Técnica Estadual, que estava parada há mais de uma década

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Prefeito e demais autoridades receberam o titular da Seciteci, Nilton Borgatto, que conduziu o ato

Foi oficialmente liberada na manhã desta sexta-feira (4 de fevereiro), a ordem de serviço para a retomada da construção da Escola Técnica Estadual (ETE) de Sorriso, localizada na região Leste . De acordo com o documento, emitido pelo Governo do Estado, a empresa licitada para esta empreitada, a BK Construções e Incorporações Ltda, tem 360 dias para executar o empreendimento, orçado em R$ 12.785.252,79.

“Enfrentamos muitas dificuldades para conseguir retomar essa obra, como a necessidade de romper o contrato com a empreiteira anterior e agora, ao mesmo tempo em que a construção avança, também estaremos trabalhando para viabilizar a vinda dos cursos para atender a comunidade assim que a escola estiver pronta”, afirmou o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato.

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, se colocou à disposição para continuar auxiliando o Estado na gestão para a finalização da obra. “Acompanho este trâmite e sei o quanto este processo foi complicado, as dificuldades enfrentadas na parte contratual e agora estou muito confiante na retomada e conclusão deste empreendimento, tão importante para a profissionalização de mão-de-obra, permitindo o acesso à educação profissionalizante para jovens de toda a região e garantindo profissionais bem preparados para o mercado de trabalho”.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Leandro Damiani, a retomada da obra é uma demanda antiga, não apenas da legislatura atual, mas também de legislaturas anteriores. “É uma obra muito  importante para educação de toda a região e gostaríamos que a escola estivesse sendo entregue, por isso vamos acompanhar o andamento e manter contato com o Estado sempre que for preciso”.

Também participaram do evento secretários municipais, vereadores e demais servidores públicos do Executivo e do Legislativo das esferas municipal e estadual.

Sobre a Escola Técnica

A ETE sorrisense, que integra um lote de oito unidades de formação profissionalizante em todo o Estado lançadas pelo Governo Federal em 2009, e conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE),  terá uma área construída de 5.537,39 m², permitindo que 1,5 mil alunos possam ser atendidos divididos nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Para esta retomada, foi necessário rescindir o contrato com a empresa que estava tocando a obra até 2018, quando foi paralisada depois de ter sido reiniciada em 2017. O empreendimento começou a ser edificado ainda em 2009. Nos 30% da obra que já foram executados, foram investidos R$ 4.600.000,00.

A unidade terá 12 salas de aula, 11 laboratórios, um laboratório especial com 504 m², um auditório de 148 lugares, um ginásio poliesportivo coberto, uma biblioteca, um centro de convivência com refeitório e salas administrativas.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__600_0_0_0_auto (86)

Diogo Kriguer participa de reunião com o governador para reforçar apoio na duplicação da BR-163

familiar

Vereador pede informações à Prefeitura sobre equipamentos e investimentos na agricultura familiar

thumb__1280_0_0_0_auto (68)

Damiani solicita ao Governador melhorias para o Hospital Regional de Sorriso

thumb__1280_0_0_0_auto - 2022-05-18T161833.789

Mário Raiter é o primeiro a receber o “Prefeitura nos Bairros” de 2022

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-05-17T153633.698

Sorriso: vereadora indica instalação de bloqueador de ar em hidrômetros

dentistas-tratam-os-dentes-dos-pacientes_1150-19637

Vereador solicita que sejam disponibilizados serviços de implantes dentários no CEO