Identificadas vítimas de grave acidente envolvendo ambulância na BR 163 em Lucas; paciente era trazido para Sorriso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Foram identificadas agora a pouco as vítimas do acidente na BR 163, em Lucas do Rio Verde, que deixou duas pessoas mortas. Aline Porfírio da Silva, enfermeira, e Eurides Ferreira da Silva (70), paciente, faleceram no local do acidente.

As outras três pessoas que estavam na ambulância da cidade de Nortelândia foram atendidas em estado grave e encaminhadas para atendimento médico. Elas foram identificadas como Alecson Andreotti Soares, motorista, José Getúlio de Araújo Junior, médico, e Jonatahn Mattos de Oliveira. Segundo informações da concessionária que administra a rodovia, eles estavam na cabine do veículo e acabaram presas às ferragens. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde destas vítimas.

O acidente aconteceu por volta de 4 horas da madrugada no sentido norte do km 690 da BR-163. A ambulância transportava o paciente para uma unida médica de Sorriso.

O condutor da carreta Volvo branca, placa Brasil, envolvido no acidente, saiu ileso e assinou termo de recusa de encaminhamento médico.

As informações iniciais, de que a ambulância colidiu com a traseira da carreta, foram confirmadas pelo perito da Politec, Rogério Koser. Ele falou à reportagem de CenárioMT sobre o que pode apurar no local do acidente.

“A colisão foi na faoxa de rolamento regulamentar para o sentido que os veículos seguiam. De fato a ambulância veio a colidir na traseira, mais para o setor esquerdo, do segundo semirreboque do veículo de carga. E essa colisão acabou lançando a ambulância para a faixa da esquerda, que veio a tombar. E infelizmente são dois óbitos no local”, lamentou o perito.

Rogério informou que tão logo o laudo pericial estiver concluído ficará à disposição da autoridade policial.