Incêndios florestais provocam prejuízos à fauna e flora na região de Lucas do Rio Verde e Sorriso; uma ema morreu queimada

A fumaça presente no ar de  Lucas do Rio Verde e municípios vizinhos é apenas um dos prejuízos provocados pelas queimadas registradas esta semana. A fauna e flora também estão sofrendo danos provocados pelas chamas.

Imagens registradas pelos bombeiros envolvidos nas ações de combate mostram animais que não conseguiram fugir das labaredas. Uma ema que estava numa área da comunidade Morocó não resistiu e morreu.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Lucas do Rio Verde, major Alex Queiroz, enumerou várias frentes de combate esta semana. Na terça-feira (17), os militares e a brigada mista atuaram para controlar e extinguir o fogo que destruiu a vegetação nas proximidades do lixão próximo a Fundação Rio Verde. “Demandou uma grande equipe nossa durante praticamente todo o dia, principalmente na parte da tarde”, disse o oficial militar.

Vários focos

Na quarta-feira, os combatentes atuaram em dois incêndios: uma nas imediações da MT 449, próximo a praça de pedágio, e na região da Comunidade Morocó, divisa entre Sorriso e Lucas do Rio Verde.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

urutau1

Urutau é resgatado em Alta Floresta

WhatsApp-Image-2022-08-05-at-09.17.57-e1659723052519-990x556

Queimada destrói 15 alqueires de vegetação, casa e carro no Nortão

a3b6d967b9207065e6dee8a778e685d3

‘Lei do Pantanal’ é sancionada em MT e permite turismo rural e pecuária extensiva

whatsapp-image-2022-08-03-at-11.44.52

Ação apreende carga ilegal de aroeira avaliada em R$ 260 mil

abelhas

Três pessoas entre elas um bombeiro ficam feridas e dois cães morrem em ataque de abelhas em Nova Mutum

coleta

Coleta de resíduos sólidos vai para os bairros do Setor 1 de Sorriso