Jovem alega que ateou fogo em viatura por ter apanhado da polícia em Lucas do Rio Verde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Jovem de 22 anos foi preso na manhã deste domingo (24), em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), após ter ateado fogo em uma viatura da Polícia Civil que estava no pátio da delegacia na noite de sábado (23). O rapaz confessou a autoria do crime em suas redes sociais, afirmando que foi agredido por dois policiais ao ser pego com seda para fumar maconha no bolso.

Passava das 22h de sábado quando os servidores da Polícia Civil que estavam de plantão na delegacia ouviram um estouro. Quando saíram para verificar, perceberam que a viatura que estava estacionada na rampa, do lado de fora, já estava sendo tomada pelo fogo.

Corpo de Bombeiros foi acionado e enquanto se deslocavam, os servidores tentaram controlar o fogo com os extintores. Porém, sem sucesso. O incêndio consumiu toda a viatura e só foi controlado com a chegada do caminhão dos bombeiros.

O prédio da delegacia não ficou destruído. Foi necessário o trabalho da perícia. Até aquele momento, ninguém sabia que se tratava de um atentado contra os policiais.

Desabafo nas redes

Por volta das 22h34, morador da cidade de 22 anos postou em sua página na rede social assumindo a autoria do crime. “Nem precisa procurar quem tacou fogo na viatura fui eu”, disse ele na publicação.

Na postagem, ele conta que foi abordado por policiais e que eles o agrediram “simplesmente eu estar com uma seda. Nem meu pai bate em mim, eu tenho ansiedade e uso controladamente a maconha como remédio e não é por isso que devo ser agredido”, disse ele.

Ele ressaltou que não estava portando droga e nem mesmo estava fumando no local. Afirmou ainda que não iria colocar fogo em outra viatura e que a atitude foi tomada no momento em que ele estava “tremendo de raiva”. Ele termina afirmando que se entregaria às 9h deste domingo (24), na frente da Lótus.

Reprodução

Post do preso

Preso

Como prometido, o suspeito entrou em contato com um repórter Joatan de Souza, que atua na cidade, e pediu ajuda para se entregar em segurança.

Com intermédio do jornalista, a polícia foi até o local e deu voz de prisão ao rapaz, que foi levado para a delegacia e autuado pelos crimes de incêndio e dano qualificado.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Em Lucas: criminosos tentam furtar agência bancaria e fogem antes da chegada da polícia

GEFRON E COD-GO

Forças de Segurança de MT e Goiás apreendem 25 quilos de cocaína na divisa entre os dois Estados

10fb624f03cb0430e9190be65c04940e

PF deflagra operação e procura dois traficantes de cocaína em Cuiabá

12053444_6768e1ea8a

Homem agride esposa e acaba esfaqueado por ela em MT

Viaturas novas (3)

Polícia Civil esclarece homicídio em barbearia de Guarantã do Norte e indicia autores

MULHER-ESFAQUEADA-MARID

Homem esfaqueia vizinho ao flagrá-lo tendo relação sexual com sua esposa em MT