Marido mata cachorro de estimação após agredir esposa grávida

Uma mulher de 19 anos acionou a Polícia Militar alegando que havia sido agredida com puxões de cabelo, enforcamento e mordidas pelo marido, de 25 anos, na madrugada deste domingo (17), em Araputanga, a 338 km de Cuiabá.

Em depoimento à polícia, a vítima relatou que, enquanto era agredida, gritou por socorro e o suspeito parou com as agressões. No entanto, ele pegou o cachorro de estimação da vítima e o estrangulou até a morte na frente dela, informou a PM.

Segundo a mulher, os dois haviam saído para um estabelecimento na região, ingeriram bebidas alcoólicas e retornaram para casa. Após isso, durante uma discussão o suspeito ficou alterado e passou a agredi-la.

Além disso, a mulher ainda disse que está no segundo mês de gestação e que durante as agressões o homem havia sentado na barriga dela.

Uma equipe da Polícia Militar foi até a casa onde tudo teria ocorrido e chegando lá não encontraram o suspeito, somente a vítima, que está com algumas lesões pelo corpo.

Ela foi conduzida até a delegacia do município para prestar as medidas que o caso requer. Uma outra equipe procurou pelo suspeito na região, mas ele não foi encontrado.

A Polícia Civil deve investigar o caso.

Veja também

Motorista suspeito de atropelar crianças é preso em flagrante pela Polícia Militar

Polícia Militar lança operação e inaugura novo Batalhão da Força Tática

Sorriso: motorista é preso pela PRF com carga de cigarro contrabandeado do Paraguai 

Três homens foram localizados em uma residência, com as mãos e pés amarrados

Polícia Militar recupera veículo em menos de 20h após assalto

Suspeito de participar de tripla tentativa de homicídio é preso pela Rotam