Monitoramento climático será iniciado em Sorriso devido a chuvas esparsas

Em resposta às chuvas esparsas e isoladas que têm afetado diversas regiões, o Executivo Municipal e o Sindicato Rural anunciaram conjuntamente o início de um monitoramento climático abrangente em Sorriso. A medida visa identificar e mapear os pontos onde os impactos das precipitações já resultaram em prejuízos significativos.

O prefeito Ari Lafin ressaltou a importância do trabalho conjunto para avaliar e enfrentar os desafios causados pelas condições climáticas. “Com a criação do Comitê de Monitoramento Climático, sob a responsabilidade do coronel Adriano Denardi, futuro gestor da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Samatec), em parceria com a equipe técnica do Sindicato, iremos acompanhar de perto essas áreas. É crucial que os produtores busquem assistência técnica, recorram ao pessoal do Sindicato e nos apresentem laudos das situações”, destacou Ari.

Sadi Beledelli, presidente do Sindicato Rural, enfatizou a gravidade do período crítico que afeta toda a região devido à escassez de chuvas. “Temos áreas com alto potencial produtivo de soja, beneficiadas pelas chuvas. Por outro lado, existem pontos onde as perdas já estão consolidadas, mesmo que ocorra um retorno das chuvas; nesses locais, a soja já está na fase de enchimento do grão”, explicou Beledelli.

A constante preocupação com as condições climáticas foi reiterada pelo prefeito Ari, que ressaltou a importância do setor agrícola para o estado. “O carro-chefe de todo o Estado do Mato Grosso é o agronegócio. Se o setor agrícola sofre perdas, automaticamente há quedas na arrecadação estadual”, afirmou.

Ari também mencionou que a projeção do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para o próximo ano já indicou queda. Questionado sobre a possível repercussão no Município, o gestor explicou que é um processo natural. No entanto, as atividades essenciais, como saúde, educação, assistência social e serviços cotidianos, não serão prejudicadas.

“No momento, ao nosso alcance, está a realização do monitoramento e o acompanhamento desses laudos, além de aguardar ansiosamente a chegada da tão necessária chuva para evitar mais perdas”, concluiu o prefeito. O monitoramento climático contínuo será fundamental para avaliar e responder dinamicamente às condições climáticas variáveis que afetam a região.

galeria de imagens

Veja também

Maristela Zanatta fala sobre a campanha “Faça Bonito” em entrevista à Sorriso FM

Menor é apreendido com R$1.000,00 em notas falsas em Sorriso

Semana do MEI é marcada por capacitações e Feira do Empreendedor em Sorriso

Sucesso na roda de conversa do projeto “Elas no Parlamento” na Anhanguera em Sorriso

Exportações do agro batem recorde e atingem US$ 15,24 bilhões em abril

Polícia Militar recupera em Sorriso caminhonete furtada da Funai de Colíder