Jurídico

MPE abre inquérito para apurar denúncias de maus-tratos e negligência

Por: A Tribuna MT Publicado em 10/03/2020

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça da Defesa da Cidadania e do Consumidor, em Rondonópolis (MT), abriu um inquérito civil para apurar denúncias realizadas pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social em relação ao Lar dos Idosos Paul Percis Harris. A ação foi publicada no dia 04 de março.

Segundo o documento que a reportagem do site GazetaMT teve acesso, uma enfermeira é suspeita de praticar maus-tratos e negligência e negligência, que podem ter ocasionado o aumento no número de óbitos ocorridos desde 2018. Ela teria ministrado medicamentos de forma errada e aleatória, bem como suspendido medicamentos sem orientação médica. Uma idosa, por exemplo, que precisa de morfina devido a dores crônicas teria tido o medicamento suspenso pela profissional.

O outro fato é de um idoso, que deu entrada no dia 08 de fevereiro na unidade e morreu no dia 26 do mesmo mês. O atestado de óbito dele consta como causa do falecimento “morte súbita e causa desconhecida”. O idoso teria a posse de uma mala, com a quantia de R$ 56 mil, cuja destinação não foi informada.

O documento do MPE aponta ainda o número elevado de óbitos no Lar. Em 2017, a unidade registrou sete mortes, em 2018 registrou nove e em 2019 registrou 20 óbitos. O dado é considerado acima da média nacional.

A promotora de Justiça, Joana Maria Bortoni Ninis, determinou que cópias dos autos sejam enviadas para a Delegacia de Polícia Civil para a instauração de Inquérito Policial. A investigação é para apurar as causas da morte do idoso, bem como onde foi parar a quantia que estava com ele, e as denúncias contra a enfermeira.

Outro lado 

A reportagem foi informada que o Lar dos Idosos está tomando ciência dos apontamentos feito pelo MPE e que os fatos serão esclarecidos.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?