Jurídico

MPE investiga captação e qualidade da água utilizada em Hospital Regional

Por: Olhar Direto Publicado em 09/01/2020

O promotor de Justiça Márcio Florestan Berestinas, membro do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), instaurou inquérito civil para investigar suposta ilicitude na captação e tratamento da água utilizada pelo Hospital Regional de Sorriso.

Abertura de investigação teve como base informações denunciadas pela empresa Águas de Sorriso. A diretoria do Hospital Regional será notificada para responder sobre a acusação. Prazo de 15 dias foi estabelecido.

O hospital deve informar como e feita a captação da água, de que fonte e como se dá a distribuição. A diretoria da entidade precisa apresentar ainda informações sobre estudos atualizados que mostram a qualidade.

A vigilância sanitária também deve examinar a qualidade da água, produzindo relatório. A portaria de instauração da investigação foi assinada por Florestan Berestinas no dia 18 de dezembro de 2019.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)