MT: universitária que caiu de cachoeira de altura de 5 metros, está na UTI e precisa de sangue

Jovens e amigos estão postando na rede social pedindo sangue para estudante de Letras da Universidade Federal de Mato Grosso, Isadora Luísa Moreira Rodrigues, de 19 anos, que caiu de uma cachoeira e bateu a cabeça, na cidade de Barra do Garças durante o feriado, dia 21 de abril.

O estado de saúde dela é grave e está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Municipal Milton Morbeck. E na rede social, a família e amigos estão pedindo doações de sangue tipo A+. Isadora já utilizou cinco bolsas de sangue e as reposições podem ser feitas a partir de segunda-feira (25) em virtude do feriado prologando junto ao Banco de Sangue.

O hospital informou que no momento não está faltando bolsas de sangue para jovem, porém o estoque pode cair no final de semana e pode precisar para outros pacientes. Com a queda, Isadora teve traumatismo craniano e teve perfuração no pulmão.

A família pede orações porque a jovem está na fase de observação antes de definir se haverá cirurgia agora ou a transferência para outro grande centro. Isadora estava na cachoeira do Pé da Serra juntamente com cinco amigos e quando resolveu mergulhar escorregou e caiu de uma altura de cerca de 5 metros. Durante a queda, a jovem bateu a cabeça nas pedras.

Bombeiros foram acionados e imobilizaram a banhista em uma maca. Ela recebeu oxigênio e foi encaminhada ao Pronto Socorro.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__1280_0_0_0_auto (25)

Delegado-geral da PJC anuncia aumento de efetivo para Sorriso

pm,_festa

Segurança na Exporriso 2022 registrou número baixíssimo de ocorrências

whatsapp-image-2022-05-15-at-20.48.14

Incêndio atinge hospital municipal em Cuiabá e pacientes são retirados às pressas

crime-lgtb-fobia

Sesp promove debate para elaboração do plano estadual de enfrentamento aos crimes de homofobia

Nucleo Mulher AF

Atendimento a vítimas de violência ganha espaço exclusivo em delegacia no norte de MT

acidentes linhão

Energisa e Aprosoja fazem alerta sobre segurança a produtores em Mato Grosso