Pai recebe vídeo de filho decapitado em Sinop; moto foi encontrada em córrego

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

O pai de Flávio Marques Ferreira, de 20 anos, procurou a delegacia de Polícia Civil, ontem à noite, para denunciar que recebeu um vídeo do filho com a cabeça arrancada, mãos e pés amarrados. No entanto, ainda não há informações sobre o local em que o corpo do jovem está.

Flávio estava desaparecido desde a última sexta-feira. No sábado, sua Honda CG Start vermelha foi localizada em um córrego na estrada Ana, após a avenida André Maggi e bairro Jardim Caribe. O veículo estava ainda com a chave e um capacete também foi encontrado.

Militares do Corpo de Bombeiros chegaram a fazer buscas pelo jovem em uma área de mata e dois mergulhadores trabalharam no córrego, mas não foi localizado. A motocicleta estava caída em meio a pedras no córrego.

O pai relatou no boletim de ocorrência que ontem passou o dia todo buscando pelo filho, até receber o vídeo dele decapitado em uma região de mata. Ainda segundo o homem, as imagens estariam circulando em grupos de aplicativo e ele recebeu de um colega de trabalho de Flávio.

No registro, o homem também apontou uma possível motivação para o crime, além de dois possíveis suspeitos, que podem estar envolvidos na violenta morte do jovem.

Agora, a Polícia Civil deverá investigar o caso para colher mais detalhes, e em seguida fazer buscas pelo corpo de Flávio.