Para não ser morta pelo marido, mulher pede ajuda em mercado de bairro em Sinop

Polícia procura por um homem de 36 anos que tentou matar a esposa, na noite de segunda-feira (20), no bairro Jardim Santa Rita, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). Vítima foi agredida e quase esfaqueada, mas conseguiu correr e pediu ajuda em um mercado. Lá, o agressor tentou arrastar ela, mas acabou impedido por uma testemunha, que também foi ameaçada de morte. Ele fugiu assim que a polícia foi acionada. O crime foi cometido na frente dos filhos do casal.

Polícia foi acionada por volta das 19h40 e quando chegou no local encontrou a vítima amparada por populares, que conseguiram impedir o feminicídio. Segundo a vítima, ela contou teve uma discussão com o marido, motivada por ciúmes.

Depois, ele mandou a filha de 7 anos pegar uma faca na cozinha. A criança se negou, mas foi ameaçada por ele. Disse que se ela não pegasse, iria ser agredida até sangrar. Com medo, a menor pegou a faca e o agressor passou a dar socos no rosto da esposa.

Depois, pegou a faca e quando ia esfaquear a mulher, ela jogou um celular no chão e conseguiu fugir para a rua, pedindo ajuda. Ela se abrigou em um mercado.

O agressor armado foi atrás dela, tentou arrastar a mulher, mas foi impedido por outra jovem que estava no local. Ela foi ameaçada de morte na frente dos clientes, que conseguiram chamar a polícia. O agressor fugiu de casa em um Pálio prata.

Quando a PM esteve no local, as crianças confirmaram que o pai tentou matar a mãe. Elas foram acolhidas pelo Conselho Tutelar enquanto a vítima foi registrar o caso e solicitou medidas protetivas.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

WhatsApp Image 2022-06-29 at 09.24.40

Clínica Damo comemora 30 anos de atuação e reinaugura estrutura moderna no município de Sorriso

Mega-Sena, concurso da  Mega-Sena, jogos da  Mega-Sena, loteria da  Mega-Sena

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 37 milhões

coleta

Coleta de resíduos segue para o Setor 6

parada_gay2

Dia do Orgulho LGBTI+: preconceito afeta produção de dados sobre o tema segundo pesquisadores

porto dos gauchos tremor

Município no Nortão volta a registrar tremor de terra

sorriso

Serviços essenciais seguem mantidos no feriado do Padroeiro de Sorriso amanhã