Petrobras anuncia nova diretriz para formação de preços no mercado interno

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (27), a aprovação de uma Diretriz de Formação de Preços no Mercado Interno. A medida, no entanto, não altera a política de formação de preços vigente, que atrela os preços dos combustíveis produzidos pela estatal aos praticados no mercado internacional.

Conforme comunicado protocolado junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a medida “incorpora uma camada adicional de supervisão da execução das políticas de preço pelo Conselho de Administração e Conselho Fiscal, a partir do reporte trimestral da Diretoria Executiva, formalizando prática já existente”.

A diretriz mantém a diretoria da empresa, “ou alçada por ela delegada”, como responsável pela aplicação de reajustes aos preços dos combustíveis vendidos às distribuidoras.

“Os procedimentos relacionados à execução da política de preço, tais como, a periodicidade dos ajustes dos preços dos produtos, os percentuais e valores de tais ajustes, a conveniência e oportunidade em relação a decisão dos ajustes dos preços permanecem sob a competência da Diretoria Executiva”, informa o comunicado.

Ao detalhar a diretriz, a Petrobras ressaltou que a execução da política de preços vigente deverá acompanhar “o mercado brasileiro de derivados de petróleo (considerando, por exemplo, o efeito da venda de ativos de refino), dos produtos substitutos e a atuação dos importadores”.

Enfatizou, ainda, que “além do equilíbrio dos preços por ela praticados com os mercados nacional e internacional”, deverá ser considerada, também, a participação de mercado da companhia em cada um dos combustíveis.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

energiza

Mutirão em Sorriso realiza negociações com parcelamento em até 24 vezes

Dinheiro, Real Moeda brasileira

Cerca de R$ 9,2 bilhões de saque extraordinário voltarão ao FGTS

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-08-04T083155.301

Sine Sorriso tem 363 Vagas de emprego em aberto

caminhoneiros (1)

Auxílio a caminhoneiros será pago por meio de poupança social digital

governo-paga auxilio-brasil-a-beneficiarios-com-nis-final-7-scaled

Mais 2,2 milhões de famílias vão receber Auxílio Brasil de R$ 600

botijão de 13 quilos de gás de cozinha

Auxílio Gás será de R$ 110 em agosto, informa Caixa