Plataforma online de pré-cadastro para habitação social é lançada em Sorriso

Foi oficialmente lançada nesta segunda-feira a plataforma online de pré-cadastro para habitação social em Sorriso. A página, disponível no site da prefeitura por meio do link: https://site.sorriso.mt.gov.br/habitacao, visa agilizar o processo de levantamento de dados relacionados à demanda e déficit habitacional do município, seguindo as novas diretrizes do Governo Federal.

O prefeito Ari Lafin, o vice-prefeito Gerson Bicego, a primeira-dama e secretária de Assistência Social Jucélia Ferro, Rodrigo Machado em representação ao Legislativo, o secretário de Cidade Ednilson Oliveira, o coordenador do Departamento de Habitação Brendo Braga, líderes locais e membros da imprensa participaram do lançamento.

O objetivo da plataforma é permitir o pré-cadastro atualizado e acelerar o processo de banco de dados, relacionando as demandas habitacionais do município, de acordo com as diretrizes do Governo Federal. Para isso, a plataforma contará com o apoio presencial da equipe técnica do CADÚnico, através da Secretaria de Assistência Social, dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), das subprefeituras nos distritos, do setor de Habitação do Ganha Tempo Central e da Zona Leste.

Brendo Braga, coordenador do Departamento de Habitação, destacou a importância do sistema de pré-cadastro: “Este é mais um grande avanço da administração pública em prol da habitação em nosso município. O sistema irá facilitar o levantamento atualizado do déficit, identificando quantas pessoas precisam e sonham com a casa própria, e que não possuem imóvel.”

O pré-cadastro está aberto para famílias que residem em Sorriso, não possuem imóvel e possuem renda bruta mensal familiar de até R$ 8 mil. Jucélia Ferro, secretária de Assistência Social e primeira-dama, ressaltou que aqueles que já foram beneficiados por outros programas habitacionais em Sorriso não poderão participar desta pré-seleção, a fim de oferecer oportunidade às pessoas que ainda não foram contempladas e também necessitam de moradia.

Ferro enfatizou: “É importante ressaltar que esta etapa é apenas para sabermos o número de pessoas sem casas no município, não sendo ainda o cadastro para contemplação. Tudo será realizado com cautela e transparência, através da equipe especializada do Conselho de Habitação.”

O prefeito Ari Lafin e o secretário de Cidade Ednilson Oliveira informaram que estão confirmados 1000 apartamentos para Sorriso, além de 50 casas destinadas às famílias cadastradas na Secretaria de Assistência Social (Semas) que vivem em situação de extrema pobreza.

Lafin destacou: “Estamos planejando e trabalhando para que toda a logística seja realizada de acordo com os critérios estabelecidos, garantindo terrenos adequados e toda a infraestrutura necessária para que essas famílias possam viver em locais dignos e de qualidade.”

Ele concluiu: “Para o nosso município, temos atualmente confirmados 1000 apartamentos pelo MT PAR e 50 casas pelo governo do Estado, por meio do MT PAR, que concederá subsídios para a construção desses residenciais populares. Em breve, será lançado um edital com os critérios estabelecidos para que as pessoas possam se cadastrar. Estamos trabalhando para que novos projetos e programas cheguem até nós o mais breve possível.”

Vídeo da notícia

Veja também

Vereador sorrisense assumirá Secretaria Adjunta no Ministério da Agricultura

Sorriso: tiroteio em bar no Jardim Primavera deixa um homem gravemente ferido

Sorriso: operação Vitae Fase XI resulta em prisões e apreensões no Boa Esperança

NIF abrirá espaço para prestadores de serviço atuarem na limpeza de terrenos baldios em Sorriso

Cel. Denardi fala à Voz do Povo sobre castrapet, destinação de entulhos e outros temas ligados à secretaria

Sorriso: suspeitos de tentativa de homicídio são detidos pouco depois do crime