Poder Judiciário de Mato Grosso adota medidas preventivas à Covid-19; uso da máscara é recomendado

Poder Judiciário de Mato Grosso adota medidas preventivas à Covid-19
Portaria recomenda uso de máscara e determina teletrabalho para sintomáticos
Em razão do elevado número de infecções pelo coronavírus no Estado, a Alta Administração do Tribunal de Justiça de Mato Grosso publicou Portaria-Conjunta N. 13/2022, que dispõe sobre a adoção de medidas preventivas à Covid-19 no âmbito do Poder Judiciário estadual no período de 6 de junho a 31 de julho de 2022.
O documento está assinado pela presidente do TJMT, desembargadora Maria Helena Póvoas, pela vice-presidente, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro e pelo corregedor-geral da Justiça, José Zuquim Nogueira.
Conforme expresso na Portaria, as medidas preventivas são a recomendação do uso de máscara facial por usuários(as) internos(as) e externos(as) nas unidades; determinação da atuação em teletrabalho obrigatório, do(a) magistrado(a), do(a) servidor(a), do(a) colaborador(a) que apresentar sintomas da Covid-19 ou gripais, até o resultado do exame, a ser apresentado em até três dias após os primeiros sintomas.
Confirmada a contaminação por Covid-19, o(a) magistrado(a), servidor(a) ou colaborador(a) desempenhará suas atividades exclusivamente em teletrabalho, pelo prazo de sete dias a partir dos primeiros sintomas. Caso o resultado seja negativo deverá retornar às atividades presenciais.
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Lumar-de-B-990x556

LUMAR COSTA DA SILVA, que matou e arrancou o coração da tia, será transferido para hospital psiquiátrico de SP para tratamento por tempo indeterminado

Forum

Sorriso: Juiz determina que empresa Chocair devolva dinheiro de procedimento médico pago antes de ser executado

ADVOGADO SINSEMS 2

Marcos Wanderley assume assistência jurídica ao servidor supostamente envolvido na contratação de cooperados fantasmas

1c60ae0b7e2590cad0d8eb992ad13b8a

Juiz mantém prisão de garçom que matou o filho de 1 ano e 8 meses asfixiado por causa de choro

camara de sorri fachada

CPI das Liminares da Saúde realiza hoje as primeiras oitivas

CASADESTRUIDA

A Voz do Povo: família que teve casa destruída por ônibus escolar em Sorriso aguarda por justiça