Polícia Civil indicia autor de assassinato de advogada por homicídio com quatro qualificadoras e estupro

O autor do homicídio da advogada Cristiane Castrillon da Fonseca Tirloni foi indiciado pela Polícia Civil de Mato Grosso pelos crimes de estupro, fraude processual e homicídio (qualificado em feminicídio, impossibilidade de defesa da vítima, motivo fútil e meio cruel para assegurar a impunidade de outro crime). Almir Monteiro dos Reis, ex-policial militar, foi preso em flagrante pela equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, horas após o corpo da advogada ser encontrado dentro do veículo dela, no estacionamento de um parque público de Cuiabá, no dia 13 de agosto.

O conjunto probatório reunido no inquérito policial da DHPP apontou que o criminoso matou Cristiane para ocultar o estupro cometido contra a vítima. O corpo da advogada apresentava diversas lesões e hematomas decorrentes de espancamento, entre elas na cabeça e pulsos, e a perícia concluiu que ela foi morta por asfixia mecânica causada por tamponamento e pressão.

Em coletiva na manhã desta quinta-feira (24.08), os delegados que participaram das investigações detalharam a dinâmica do crime e o conjunto de informações reunido nas diligências e perícias técnicas realizadas. O inquérito foi encaminhado na noite de quarta-feira ao Poder Judiciário.

“Foi um trabalho de muito empenho e dedicação da unidade policial, com muitas horas de imagens para análise, diversas oitivas, trabalho técnico para embasar o que foi reunido na investigação preliminar que culminou com a prisão em flagrante do homicida”, explicou o titular da DHPP de Cuiabá, delegado Marcel Gomes.

Prisão em flagrante

As investigações iniciaram por volta das 15 horas do dia 13 de agosto, domingo do Dia dos Pais, após equipe da DHPP ser acionada para liberar o corpo de Cristiane em um hospital para onde foi levado pelo irmão, já sem vida.

A DHPP apurou que a vítima passou o sábado em um churrasco com a família e amigos e por volta das 22 horas foi a um bar, nas proximidades da Arena Pantanal, onde conheceu um homem e deixou com ele o local, por volta das 23h30.

Veja também

Soldado do Exército Brasileiro é preso transportando mais de 20 quilos de drogas na fronteira Brasil/Bolívia

Polícia Militar reúne mais de cinco mil competidores na 8ª Corrida do Bope

Aparelho de som é apreendido e duas mulheres são detidas após perturbação do sossego e injúria racial

Rotam prende homem com espingarda após ele ameaçar comunidade

Usuário e traficante são detidos pela Rotam em Sorriso

Homem é baleado no Jardim Carolina e é socorrido ao Hospital Regional de Sorriso