Polícia Civil lança canal no Whatsapp para orientar vítimas de crimes cibernéticos

Todo mundo conhece alguém que já caiu em um golpe ou até mesmo já foi vítima de um e, mesmo sabendo que deveria agir rápido para amenizar a situação, na hora não sabia como proceder ou buscar ajuda.

Pensando na agilidade de reposta às vítimas, assim como na otimização dos apoios às delegacias do interior do estado, a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) criou um WhatsApp específico para atendimento aos casos de golpes pela internet.

O projeto de atendimento ao público externo assim como aos policiais da instituição foi uma iniciativa do delegado adjunto da DRCI, Gustavo Godoy, que implementou o uso da ferramenta chatbot – sistema desenvolvido a partir de algorítimos de inteligência artificial – para que os atendimentos ganhem mais agilidade e disponibilidade, trazendo respostas rápidas aos cidadãos e servidores.
Com o uso da ferramenta, os atendimentos realizados por meio do aplicativo de mensagens, funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, respondendo as principais dúvidas de forma imediata.

Entre as funcionalidades do menu interativo estão disponíveis diversas modalidades de golpes e orientações como proceder em cada situação. O número da DRCI, que deve ser divulgado para o maior número de pessoas possíveis, a fim de evitar maiores prejuízos às vítimas é o 65 98173-0544.

O canal criado pela DRCI tem o objetivo de orientar vítimas e policiais, não se tratando de um canal de denúncias ou de registro de ocorrência, uma vez que a unidade não é responsável pelas investigações de crimes de estelionato. Para avanço das investigações é necessário que a vítima faça o registro do boletim de ocorrência, sendo as apurações dos fatos conduzidas pelas Delegacias Especializadas de Estelionato de Cuiabá e Várzea Grande e no interior do estado pela delegacia da cidade onde reside a vítima.

A delegada titular da DRCI, Juliana Chiquito Palhares, acredita que a medida pode auxiliar muitas vítimas, assim como o atendimento realizado nas delegacias de todo o estado. “Por meio do Whatsapp conseguimos orientar passo a passo de como proceder em diversas situações de golpes, que tenho certeza, que muitos ficam sem saber o que fazer”, disse a delegada.

Veja também

Motorista suspeito de atropelar crianças é preso em flagrante pela Polícia Militar

Polícia Militar lança operação e inaugura novo Batalhão da Força Tática

Sorriso: motorista é preso pela PRF com carga de cigarro contrabandeado do Paraguai 

Três homens foram localizados em uma residência, com as mãos e pés amarrados

Polícia Militar recupera veículo em menos de 20h após assalto

Suspeito de participar de tripla tentativa de homicídio é preso pela Rotam