Idioma: InglêsFrancêsAlemãoItalianoPortuguêsEspanhol
Polícia

Polícia investiga se bebê desaparecido foi enterrado pelos pais em margem de córrego; cães fazem busca

Por: Olhar Direto Publicado em 24/11/2020

Uma nova informação recebida pela Polícia Civil pode mudar a linha de investigação no caso do bebê de seis meses desaparecido em Tabaporã (674 quilômetros de Cuiabá). Preliminarmente, testemunhas apontaram que o casal suspeito do suposto crime teria atirado a criança dentro do córrego que fica no perímetro urbano da cidade. Porém, uma nova denúncia leva a crer que o menor pode ter sido enterrado às margens deste local.

Sendo assim, a Polícia Civil de Tabaporã acionou a unidade canina da 10ª Companhia Independente Bombeiro Militar (10ª CIBM) de Sorriso. Foram encaminhados ao local dois profissionais e um cão, que faz as buscas às margens do córrego ‘Sereno’.

Imagens obtidas pelo Olhar Direto mostram os bombeiros atuando no trabalho de mergulho dentro do córrego. Isso porque a primeira informação aponta que a criança teria sido jogada no local. Porém, como o caso teria acontecido no fim de dezembro do ano passado, a possibilidade de que ela esteja debaixo d’água é mínima, já que neste momento ela já teria vindo à superfície.

Em outra imagem, também é possível ver o carrinho de bebê caído dentro da água. Segundo testemunhas, o casal foi visto em três situações, sendo a primeira delas nas proximidades do córrego, com o carrinho de bebê (não sendo constatado se a criança estava nele).

Logo em seguida, o casal foi visto sozinho sem a criança e sem o carrinho e mais tarde, pedindo carona a terceiros, apenas com mochilas e também sem o bebê. Desde então o casal não foi mais visto na cidade. A casa que eles moravam estava abandonada só com os móveis e alguns pertences pessoais deles e da criança.

As investigações iniciaram na quarta-feira (08), após denúncia feita ao Conselho Tutelar, relatando que o pai da criança disse que teve que sair às pressas da cidade e pediu para que fosse colocado fogo nas coisas do bebê. O carrinho da criança foi encontrado às margens do rio.

A Polícia Civil informou ao Olhar Direto que, até o momento, não há nenhuma informação sobre a prisão ou localização dos pais da criança.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)