Polícia prende prostituta suspeita de matar cliente por ciúmes

Uma mulher de 44 anos foi presa após confessar que matou Carlos Roberto de Oliveira, de 43 anos, que era seu cliente em serviços de sexo. Ela queria exclusividade com a vítima, que se relacionava com outras mulheres.

O corpo da vítima foi encontrado na estrada sentido ao Rio Batelã, em Tabaporã (672 km de Cuiabá), na segunda-feira (30).

De acordo com a Polícia Civil, uma equipe policial seguiu até o local indicado e encontrou o corpo com marcas de sangue na cabeça. A 50 metros estava uma motocicleta.

O delegado Bruno Palmiro, responsável pelo caso, iniciou a investigação assim que encontrou o corpo e foi descoberto a identificação da vítima. Duas mulheres que tiveram encontros com Carlos foram identificadas e uma delas acabou confessando o crime.

“Evidências apontavam para ela, que acabou confessando o crime que foi motivado por ciúmes. Ela é profissional do sexo e passou a querer exclusividade com a vítima, que também se relacionava com outras mulheres”, explicou o delegado.

Com ela, foi encontrado uma arma de fogo, que pode ter sido usada no crime.

A mulher foi autuada e presa em flagrante na Delegacia da Polícia Civil de Tabaporã. O inquérito ainda deve ser concluído.

 

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Viatura capa site

Idoso condenado a 14 anos por estupro é preso em Nova Mutum

ouro_PF

PF cumpre 13 mandados em MT em operação que investiga extração de ouro ilegal e lavagem de dinheiro

lailse

Homem mata ex-namorada e usa WhatsApp para confessar crime

bombeiros-viatura-30-990x556

Trabalhador cai em silo em Sinop e morre; bombeiros concluem buscas

Delegacia da Mulher Tangará

Pai que abusava sexualmente da filha tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Tangará da Serra

Drogas apreendidas Gefron

Gefron apreende 202 kg de pasta base de cocaína em Porto Esperidião