Polícia prende suspeito de latrocínio contra caseiro

A Polícia Civil prendeu, na tarde de terça-feira (27), um jovem de 18 anos acusado de envolvimento na morte de Gilmar Lopes de Souza, 52 anos, que trabalhava como caseiro em uma fazenda em Feliz Natal. A vítima desapareceu no sábado (24) e o corpo foi encontrado esta tarde, em um córrego, a cerca de 10 quilômetros da propriedade rural.

A principal linha de investigação é de que Gilmar tenha sido morto durante o roubo de um trator Valmet 148 amarelo. O suspeito preso hoje alegou que estava com um comparsa, que chegou “atirando” no caseiro, o qual estava sentado na área de uma casa que fica na fazenda. A arma utilizada teria sido uma pistola .380. Em seguida, os criminosos teriam colocado o corpo na lâmina do trator e levado até o córrego.

O perito Sandro Lúcio confirmou que havia sinais de tiros no corpo do caseiro. “Estava submerso em um riacho, a aproximadamente 35 quilômetros do centro da cidade, já em estado de decomposição e há pelo menos 48 horas naquele local. Verificamos que foi atingido por disparo de arma de fogo na cabeça e no abdômen. E não havia sinais de que havia sido agredido naquele local. É provável que simplesmente foi desovado”.

O desaparecimento foi comunicado à Polícia Civil ainda no domingo (25) pelo proprietário da fazenda. Ele relatou que um dos funcionários havia ligado para a propriedade, porém, Gilmar não havia atendido a ligação. Por esse motivo, o dono da propriedade pediu para que um vizinho fosse até o local para verificar “se estava tudo bem”.

Conforme registrado no boletim de ocorrência, o vizinho encontrou a casa toda aberta e percebeu uma grande quantidade de sangue. A Polícia Militar foi acionada e a equipe que foi ao local registrou que também havia sinais de que um corpo tinha sido arrastado por cerca de 25 metros. Além disso, os policiais ainda encontraram uma cápsula de pistola .380 e rastros do trator que havia sido levado.

Os policiais seguiram as marcas de pneus por estradas vicinais e pelo meio de uma lavoura. Segundo os militares, nas proximidades da ponte do Rio Ferro, não foi possível mais seguir os rastros. Um contêiner que estava na propriedade também foi arrombado, com uso de um machado, segundo o boletim de ocorrência.

O suspeito preso foi encaminhado para a delegacia e a Polícia Civil segue investigando o caso para tentar chegar ao segundo acusado. O corpo de Gilmar foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há definições sobre os procedimentos fúnebres.

Veja também

Polícia investiga caso de roubo e cárcere privado em fazenda de Boa Esperança do Norte (vídeo)

 Polícia Militar inicia 26ª turma no Curso de Capacitação Rotam em Cuiabá

Jovem é resgatado de cativeiro em Lucas do Rio Verde

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo em Guarantã do Norte e prende idoso

Polícia Civil apreende carga de drogas na BR-364 e prende dois suspeitos em flagrante

Sorriso: PM prende quatro suspeitos e apreende drogas e munições no Monte Líbano II