Postos de saúde passam a funcionar 15 horas por dia em Sinop (MT) após aumento de 900% nos casos de dengue

Por: G1 MT

A partir desta quarta-feira (29), cinco postos de saúde de Sinop, na região norte do estado, passaram a funcionar em horário estendido para atender pacientes com suspeita de dengue. Entre os dias 1º e 20 de janeiro deste mês, foram registrados 419 casos de dengue em Sinop. Destes, quatro considerados graves e em um deles o paciente morreu.

Houve aumento de mais de 900% em relação ao número de casos registrados durante todo o mês de janeiro de 2019, quando foram confirmados 41 casos da doença.

Os postos dos bairros Menino Jesus e Violetas ficarão abertos de segunda a sábado, das 7h às 22h, e os postos dos bairros Sabrina, Jacarandás e Maria Vindilina II de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, sem interrupção no horário de almoço.

A prefeita Rosana Martinelli (PL) deu uma entrevista coletiva nesta terça-feira (28) para anunciar a mudança de horário das unidades de saúde.

Segundo a Prefeitura de Sinop, houve reforço médicos, técnicos e enfermeiros e a criação de uma sala especial na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para atender a população com os sintomas da doença, para ajudar a suprir a demanda por atendimento que aumentou.

Além de ampliar o horário de atendimento, os cinco postos vão fazer a coleta imediata de exames e a entrega de resultados dos exames.

As outras unidades básicas de saúde do município seguem com atendimento normal, com horário das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Um mutirão contra a dengue também está sendo feito. As equipes de endemias e agentes de saúde já passaram por mais de dez bairros e fizeram vistoria em mais de 10 mil imóveis.

Em locais em que forem encontrados focos do mosquito, os moradores serão multados, de acordo com a prefeitura.

Próximo

Postos de saúde passam a funcionar 15 horas por dia em Sinop (MT) após aumento de 900% nos casos de dengue