Sorriso: sancionada lei para compra de terreno destinado ao Programa Minha Casa Minha Vida

O prefeito Ari Lafin sancionou a Lei 3.491, autorizando a compra de 25 hectares de terra para a implantação de projetos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida-Faixa I em Sorriso. O investimento, no valor total de R$ 31 milhões, visa atender famílias de baixa renda no município. O terreno, localizado próximo ao Residencial Mário Raiter, será destinado à faixa I do MCMV, priorizando famílias com renda bruta mensal de até R$ 2.640, com ênfase nos cadastrados no Programa Bolsa Família e no Cadastro Único (CadÚnico).

O terreno está orçado em R$ 31 milhões de reais e deve ser pago em cinco parcewlas anuais a serem amortizxadas de maio de 2024 a maio de 2028. A primeira parcela, de R$ 7 milhões de reais será repassada no dia 30 de maio de 2024  e as demais, de R$ 6 milhões de reais na mesma data nos anos subsequentes.

O coordenador de Habitação, Brendo Braga, ressaltou que a compra da área é um dos requisitos cruciais para a concretização de projetos habitacionais, e o Município apresentará ao Governo Federal a área proposta para receber as edificações. A aprovação final dependerá da análise do Governo Federal.

O prefeito Ari Lafin destacou que os programas sociais visam reduzir a desigualdade habitacional no município. Ele e representantes da administração municipal já estiveram em Brasília por três vezes em 2023, pleiteando junto ao Governo Federal a necessidade de mais moradias devido ao crescimento exponencial apresentado nos últimos anos.

“Conseguimos cumprir essa etapa, que é a compra do terreno, e agora cabe ao Governo Federal a liberação da construção dessas moradias. Com o crescimento que Sorriso tem apresentado de quase 20% ao ano, há, também, a necessidade de mais moradias. A viabilização desses programas habitacionais vai proporcionar a muitas famílias que hoje moram de aluguel o sonho da casa própria, um lar para chamar de seu”, afirmou o prefeito.

Veja também

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF

Primeira-dama de Mato Grosso abraça a causa da Conscientização sobre a Doença Celíaca

Governador se reúne com banco que pretende financiar projetos de descarbonização em MT